2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade

Dia: 3 de dezembro de 2023

Palmeiras vence o Flu com gol de ‘talismã’ e fica muito próximo do título Brasileiro

Palmeiras vence o Flu com gol de ‘talismã’ e fica muito próximo do título Brasileiro

Esportes
Por Dyego Barros O Palmeiras está muito próximo de se sagrar campeão brasileiro mais uma vez. Na tarde deste domingo (3), o Alviverde paulista venceu o Fluminense no Allianz Parque, por 1 a 0, em partida válida pela 37ª e penúltima rodada da Série A. Com o resultado, o time comandado pelo português Abel Ferreira chegou aos 69 pontos na tabela de classificação, já não podendo ser ultrapassado por seus perseguidores diretos na corrida pelo título - Botafogo (63), Atlético-MG (66) e Flamengo (63) - em pontuação. Com este cenário posto, o Verdão, que também está à frente dos rivais nos critérios de desempate, precisa se atentar apenas à manutenção do seu saldo de gols para erguer a taça, pelo segundo ano consecutivo, no meio da semana, diante do Cruzeiro, no Mineirão. Breno Lop
Bolsonaro critica silêncio de Lula, mas em Maceió ignorou vítimas da mineração em 2021

Bolsonaro critica silêncio de Lula, mas em Maceió ignorou vítimas da mineração em 2021

Política
Aproveitando a tragédia provocada pela Braskem em Maceió, com a iminência do colapso de uma mina, o ex-presidente Jair Bolsonaro criticou o silêncio de Lula (PT), que o derrotou nas eleições presidenciais. Em uma "mitada" patética, Bolsonaro acusou Lula de não saber "nem pra que lado fica" o Nordeste. O presidente estava no Oriente Médio, região original dos milhões em tesouros da União que Jair tentou desviar do país. Não só Lula, quando retornar ao Brasil, deverá visitar Maceió ao lado da ministra do Meio-Ambiente, Marina Silva, o vice Geraldo Alckmin (PSB) já anunciou as medidas federais que sertão tomadas: https://twitter.com/geraldoalckmin/status/1730344168361222482 O curioso é que Bolsonaro, inelegível para além de 2026, questionou sobre "onde está aquele que supostam
Lula pede “bom senso” de Venezuela e Guiana em disputa por território

Lula pede “bom senso” de Venezuela e Guiana em disputa por território

Política
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva espera que Venezuela e Guiana tenham “bom senso” na disputa territorial da região de Essequibo, na Guiana. Neste domingo (3), os venezuelanos farão um referendo sobre o apoio da população a respeito da anexação da área.  Nos últimos dias, Lula esteve em visita ao Oriente Médio e, hoje, conversou com jornalistas antes de deixar Dubai, nos Emirados Árabes, a caminho de Berlim, na Alemanha, onde tem compromissos da agenda bilateral. Para o presidente, o que a América do Sul “não está precisando agora é de confusão”. “Se tem uma coisa que precisamos para crescer e melhorar a vida do nosso povo é a gente baixar o facho, trabalhar com muita disposição de melhorar a vida do povo e não ficar pensando em briga, não ficar inventando história. Então, e
Defesa Civil de Maceió: Atualização de domingo (3) sobre a mina

Defesa Civil de Maceió: Atualização de domingo (3) sobre a mina

Maceió
A Defesa Civil de Maceió informa que o deslocamento vertical acumulado da mina n° 18 é de 1,69m e a velocidade vertical permanece de 0,7cm por hora, apresentando um movimento de 10,8cm nas últimas 24h. O órgão permanece em ALERTA MÁXIMO devido ao risco iminente de colapso da mina nº 18, que está na região do antigo campo do CSA, no Mutange. Por precaução, a recomendação é clara: a população não deve transitar na área desocupada até uma nova atualização da Defesa Civil, enquanto medidas de controle e monitoramento são aplicadas para reduzir o perigo. A equipe de análise da Defesa Civil ressalta que essas informações são baseadas em dados contínuos, incluindo análises sísmicas.
JHC pede que IMA apresente licenciamentos ambientais de minas da Braskem

JHC pede que IMA apresente licenciamentos ambientais de minas da Braskem

Maceió
Foto: Itawi Albuquerque/ Secom Maceió O prefeito de Maceió, JHC, protocolou um ofício para que o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) apresente os licenciamentos ambientais concedidos para as minas da Braskem, em especial da mina 18, que apresenta risco de iminente colapso, na região do Mutange. JHC explicou que pediu formalmente as solicitações para que o Município tenha ciência do que vem sendo feito nas minas. “Fizemos uma solicitação ao IMA para que nos conceda todos os processos de licenciamento dessas minas. Tanto os processos anteriores, quanto os de tamponamento dessas minas, para saber sobre a mina 18 e todo o trabalho que estava sendo feito nela, além das outras também”, disse. JHC também afirmou que sempre houve monopólio das informações por parte do Instituto
Crime da Braskem e o belo poema de Rodrigo Severiano: Buraco

Crime da Braskem e o belo poema de Rodrigo Severiano: Buraco

Maceió
BURACO Enquanto eu dormia cavaram um buraco no meu peito, dizia o muro do Pinheiro, Dizia a fratura do Flexal, Dizia o sonho do Bom Parto Da parte do sonho que repartiu Enquanto eu dormia cavaram um buraco no meu sentimento... bem do lado da Lagoa Fantástica. A rainha do sustento A deusa do sururu perdido Olhando pra fome de perto Vendo cascas vazias Cheias de sonhos tremidos. NENHUMA BOCA PARA SORRIR. TANTOS OLHOS PARA CHORAR. Nem mesmo inquilino da alegria pude ser Ver um sonho azul perdido no buraco 18 do Mutange um grito de gol? Sem chance... somente o berro azedo do asfalto Das entranhas do mundo esquecido e esfarrapado Brotam e brotam uníssonos, enquanto surdos ouvidos fingidos Simulam ver invisíveis Olhos aflitos correndo de buracos. E nesse sonho
Bairros fantasmas e dramas humanos provocados pelo crime da Braskem

Bairros fantasmas e dramas humanos provocados pelo crime da Braskem

Maceió
Por Gésio Passos (Agência Brasil) Mutange, Bebedouro, Pinheiro, Bom Parto e Farol. Esses são os bairros “fantasmas” no entorno da lagoa do Mundaú, em Maceió, que foram evacuados pelo risco de desabamento recorrente da exploração mineral de sal-gema pela empresa petroquímica Braskem. Desde 2019, quase 60 mil pessoas tiveram que deixar suas casas pelo medo dos tremores de terra que criaram rachaduras nos imóveis da região. Segundo o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), a exploração de 35 minas de sal-gema pela Braskem foi a responsável por deixar milhares de pessoas desabrigadas e transformar bairros antes movimentados e populosos em lugares praticamente desertos. Desde última quarta-feira (29), os moradores da parte dos bairros que não foram evacuados estão em alerta. Uma de
Colapso Braskem: Lula deve vir a Maceió acompanhado da ministra Marina Silva

Colapso Braskem: Lula deve vir a Maceió acompanhado da ministra Marina Silva

Governo
Há hoje todo um esforço concentrado no âmbito do governo federal para que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venha a Maceió para discutir a situação do risco iminente de colapso da mina 18 da Braskem, que aterroriza a capital alagoana. Participando da COP-28, em Dubai, o presidente delegou ao vice-presidente, Geraldo Alckmin, a tarefa de conduzir o processo de assistência do governo federal neste caso. Contudo, é consenso no Planalto que o presidente precisa fazer uma visita à terra alagoana, considerando que o desastre provocado pela Braskem tem a dimensão de maior crime ambiental em área urbana do mundo. A mina 18, segundo dados da Defesa Civil, já afundou 1.73 metros e o pior pode acontecer a qualquer momento. Por isso mesmo, segundo o líder da bancada federal alag
Preocupada com agências no Farol e Gruta, Caixa pede explicações à Defesa Civil

Preocupada com agências no Farol e Gruta, Caixa pede explicações à Defesa Civil

Maceió
A Defesa Civil de Maceió realizou uma importante reunião neste sábado, 2, com representantes da Caixa Econômica Federal para discutir a situação de emergência da capital, em decorrência do iminente colapso da mina nº 18, operada pela empresa Braskem, na região da Lagoa Mundaú, no bairro do Mutange. A instituição bancária expressou preocupação em relação à segurança das agências do Farol e da Gruta. No entanto, o coordenador da Defesa Civil de Maceió, Abelardo Nobre, tranquilizou os presentes, esclarecendo que essas agências estão localizadas a uma distância considerável da área de risco. “Nós destacamos durante a reunião que tanto a agência da Gruta quanto a do Farol estão em uma área muito distante do raio de afetação, caso ocorra o colapso da mina 18. Vamos oficializar todas es
Colapso da mina 18: Defesa Civil diz que área está totalmente desocupada

Colapso da mina 18: Defesa Civil diz que área está totalmente desocupada

Maceió
Está totalmente desocupada a área de risco de afundamento de solo causado pelo crime ambiental da Btraskem, em Maceió. Quem garante é a Defesa Civil Municipal, após inspeção na área neste sábado, 02. As famílias que permaneciam em 23 residências também foram realocadas pelo órgão, por determinação judicial. Em nota, a Defesa Civil se posicionou: "Importante lembrar que a área de resguardo no bairro do Mutange onde fica a mina 18, cuja realocação preventiva foi iniciada pela Braskem em dezembro de 2019, está desocupada, sem nenhuma pessoa residindo na região desde abril de 2020” Segundo o comunicado, os dados de monitoramento apontam que a acomodação do solo segue concentrada na área da mina 18, “e que essa acomodação poderá se desenvolver de duas maneiras: um cenário é o de ac