2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade

Dia: 1 de dezembro de 2023

Governo Federal reconhece decreto de emergência de Maceió

Governo Federal reconhece decreto de emergência de Maceió

Maceió
Foto: Jonathan Lins / Secom Maceió O Governo Federal, por meio do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa, reconheceu a situação de emergência de Maceió, devido ao iminente colapso da mina nº 18, mantida pela Braskem, na região da Lagoa Mundaú, no bairro do Mutange. A decisão saiu nesta sexta-feira (01), em edição extra do Diário Oficial da União. O decreto é válido por 180 dias na capital. O documento assinado pelo prefeito JHC foi baseado em informativo técnico, expedido pela Coordenadoria Especial Municipal de Proteção e Defesa Civil de Maceió (COMPDEC), que trata sobre a ocorrência de abalos sísmicos frequentes monitorados e detectados na região atingida pelo colapso. Com o reconhecimento federal assegurado, a
Registrado novo tremor de terra na área da mina

Registrado novo tremor de terra na área da mina

Maceió
Centro de Monitoramento se mantém em alerta máximo. Foto: Ascom Defesa Civil de Maceió A Defesa Civil de Maceió informa que nesta sexta-feira, 1º de dezembro de 2023, registrou um evento sísmico com magnitude de 0,39Ml a 330m de profundidade, revisado manualmente.O Centro de Monitoramento se mantém em alerta máximo e constante observação devido ao risco iminente de colapso da mina nº 18, que está na região do antigo campo do CSA, no bairro Mutange. Três sensores instalados na região do antigo campo do CSA, continuam apresentando alertas de movimentação. O sensor da cavidade 18, foi o que apresentou o valor mais expressivo. Este, nas últimas 24h registrou aproximadamente 11,4cm com velocidade média de movimentação vertical subsidência de 1cm/h. O deslocamento vertical acumulado
Defesa Civil de Alagoas segue monitorando área da mina 18

Defesa Civil de Alagoas segue monitorando área da mina 18

Alagoas
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil informa à população alagoana que segue monitorando constantemente a área do possível colapso da mina 18 da Brasken, no bairro do Mutange. Os dados estatísticos e a evolução da mina são avaliados diuturnamente. De acordo com o capitão Augusto, chefe da Seção de Desastres Tecnológicos da Defesa Civil de Alagoas, os últimos relatórios apontam que a velocidade da movimentação do solo em torno da mina 18 continua alta, porém, com estabilização nas últimas horas. Ainda não é possível avaliar se há ou não uma acomodação da movimentação do solo na área. “As minas mais próximas da mina 18 foram devidamente fechadas, mas existem outras próximas. A magnitude prevista do colapso da mina 18 não afeta edificações estruturalmente saudáveis. A pre
Ministro da Integração Regional participa de segunda reunião técnica sobre risco de colapso de mina

Ministro da Integração Regional participa de segunda reunião técnica sobre risco de colapso de mina

Alagoas
O ministro da Integração Regional, Waldez Góes, participou da segunda reunião técnica do Sistema Nacional de Proteção da Defesa Civil, na manhã desta sexta-feira (1), e as entidades envolvidas no possível colapso da mina 18 da Braskem, no antigo campo do Mutange, em Maceió. Durante a reunião, realizada virtualmente, o ministro ressaltou a importância do compartilhamento de informações entre os órgãos que integram os sistemas de Defesa Civil Nacional, Estadual e Municipal, para evitar informações desencontradas e possível disseminação de fake news, que podem causar pânico na população. “Vou acompanhar de perto essa situação. Quero também, além dos relatórios que foram recebidos, poder me apropriar de mais informações, para que possamos melhor atender e fortalecer a ação dos
Braskem: Colapso da mina 18 está em sintonia com inoperância da Câmara Municipal

Braskem: Colapso da mina 18 está em sintonia com inoperância da Câmara Municipal

Maceió
O caso da mina 18 da Braskem em Maceió, empresa que provocou o pior desastre ambiental em área urbana  no mundo foi completamente ignorado pela Câmara Municipal de Maceió, desde que 4 bairros foram afundados em 2018. Com raríssimas exceções, as manifestações no parlamento mirim sumiram como o silêncio da conivência com o proceder da mineradora que causou uma tragédia na vida dos maceioenses. O silêncio da maioria dos vereadores remete a uma situação de comodidade e de descaso diante uma tragédia que mexe com de milhares de maceioenses atingidos pela tragédia anunciada. O subsolo de Maceió prejudicado pela extração irresponsável de sal-gema durante décadas entrou em em colapso, após cinco abalos sísmicos atestados pela Defesa Civil na área de a mina 18, no bairro do Mutange. No
Braskem colapso: Mina 18 afunda mais de 2 metros a cada hora

Braskem colapso: Mina 18 afunda mais de 2 metros a cada hora

Maceió
A mina 18, no Mutange causou um afundamento no bairro de  2,6 centímetros a cada hora, e o deslocamento vertical acumulado até agora é de 1,42 metros, de acordo com informações da Defesa Civil, nesta sexta-feira. dia primeiro de dezembro de 2023. A área em colapso pode chegar a uma cratera de 152m de raio, o que pode trazer situações catastróficas para a capital alagoana. Segundo a Defesa Civil ainda uma série de cuidados devem ser tomados por pessoas próximas ao local, como afastar-se da área isolada e não praticar pesca na região. Diante disso, a Prefeitura de Maceió também divulgou nesta tarde, por meio de nota, que mais de 2 mil servidores estão envolvidos no plano de de evacuação. Há, no total, nove escolas disponibilizadas como abrigos, 50 ônibus, geradores, 20 ambulâ
Teatro do Sesi é destaque no encontro de secretários de Administração

Teatro do Sesi é destaque no encontro de secretários de Administração

Alagoas, Notícias
O Fórum do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad), realizado nessa quinta-feira (30), no Hotel Ritz Lagoa da Anta, em Maceió, contou com um momento de descontração e aprendizado, por meio da participação do Teatro Corporativo do Serviço Social da Indústria (Sesi). Os atores do Sesi/AL apresentaram a peça “A Arte de Encantar Pessoas” para secretários estaduais e conselheiros de Administração de todo o Brasil. De uma maneira lúdica e educativa, eles mostraram como se deve tratar bem os colaboradores das empresas e órgãos públicos. A chefe de Gabinete da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag-AL), Clara Maria Vanderlei, disse que a intervenção foi muito importante para mostrar como a adoção de determinadas posturas no dia a di
Casos de sífilis e de HIV/aids aumentam entre homens jovens

Casos de sífilis e de HIV/aids aumentam entre homens jovens

Brasil, Expresso
Dados do Ministério da Saúde indicam que o país vem registrando queda nos casos de HIV/aids, mas não entre homens de 15 a 29 anos. Nesta faixa, o índice tem aumentado, chegando, em 2021, a 53,3% dos infectados de 25 a 29 anos. Os números da pasta também registram crescimento dos casos de sífilis em homens, mulheres e gestantes. No mês em que se realiza a campanha Dezembro Vermelho, iniciativa de conscientização para a importância da prevenção contra o vírus HIV/aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) alerta que, se não tratadas, essas infecções podem causar lesões nos órgãos genitais, infertilidade, doenças neurológicas e cardiovasculares e até câncer como o de útero e de pênis. Ao longo do mês de dezembro, a sociedade m
Lula: planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos

Lula: planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos

Mundo
Em seu primeiro discurso na abertura da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28), em Dubai, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira (1º) que o planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos, de metas de redução de emissão de carbono negligenciadas, de discursos eloquentes e vazios e do auxílio financeiro aos países pobres que não chega. “O planeta já não espera para cobrar da próxima geração”. Durante a solenidade, lula citou que a humanidade sofre com secas, enchentes e ondas de calor cada vez mais extremas e frequentes e lembrou a seca no Norte do Brasil e as enchentes no Sul. “A Amazônia amarga uma das mais trágicas secas de sua história. No Sul, tempestades e ciclones deixam um rastro inédito de destruição e morte”, destacou.
MPT notifica Braskem a prestar esclarecimentos sobre risco a trabalhadores

MPT notifica Braskem a prestar esclarecimentos sobre risco a trabalhadores

Justiça
O Ministério Público do Trabalho instaurou inquérito civil, nesta quinta-feira (30), para investigar o risco a que estão sendo submetidos os trabalhadores da região potencialmente atingida por eventual colapso, especialmente empregados contratados diretamente pela Braskem e os trabalhadores terceirizados envolvidos no fechamento das minas de sal-gema, em Maceió. A Braskem foi notificada a prestar esclarecimentos em audiência que será realizada nesta sexta-feira (1º), às 16h, na sede do MPT. Responsável por instaurar o inquérito, o procurador do MPT Rodrigo Alencar recomendou que a Braskem retire da área de risco de colapso, imediatamente, todo e qualquer trabalhador, especialmente seus trabalhadores diretos e de empresas terceirizadas contratadas pela Braskem que executam o servi