29 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alagoas recebe terceiro lote de vacinas da pfizer pediátrica

São 32 mil doses do imunizante para crianças de cinco a 11 anos; Sesau apela à população para concluir o ciclo vacinal

Alagoas recebe do Ministério da Saúde (MS) o terceiro lote de vacinas da Pfizer Pediátrica para dar continuidade à imunização das crianças de cinco a 11 anos. São 32 mil doses do imunizante que desembarcam nesta quarta-feira (26), no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares.

Os dois primeiros lotes de vacinas pediátricas chegaram a Alagoas este mês. O primeiro deles, dia 14, e o segundo, dia 18. Somando as três remessas, o Estado contabiliza 76.200 doses da vacina a ser aplicada na menor faixa etária já autorizada até agora pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Também nesta quarta-feira (26), o Estado recebe 30.420 doses da Pfizer para imunização da população com 12 anos ou mais. Vale lembrar que, para facilitar a identificação dos frascos, a tampa das vacinas da Pfizer Pediátrica possui a cor laranja; já a tampa dos imunizantes da Pfizer para a faixa etária a partir dos 12 anos possui a cor roxa.

Conclusão do Ciclo Vacinal

O Secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, alerta a população para a importância do fechamento do ciclo vacinal.

“Somente a vacina é capaz de diminuir de maneira expressiva as chances de agravamento e morte pelo novo coronavírus. Mas a população está relaxando com relação à vacinação e a ocupação dos leitos hospitalares está voltando a aumentar. Por isso, faço um apelo para que os alagoanos completem seus ciclos vacinais e imunizem as crianças, pois, só assim, venceremos a Covid-19”.

Ainda de acordo com Ayres, o Estado tem vacinas e insumos e, por isso, não há razão para o atraso na vacinação.

“Devemos ouvir a ciência para que sejamos capazes de vencer esse vírus”, concluiu o secretário de Estado da Saúde, que pediu ainda para que a população não abandone os protocolos sanitários, como o uso de máscara, higienização das mãos, além de evitar aglomerações.