17 de janeiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Expresso

Fake News: “Decreto” de Alagoas que circula nas redes sociais é mentira. Entenda

Já um caso para polícia, PGE sustenta que as notícias falsas veiculadas nas redes sociais têm o objetivo de prejudica

Cuidado: nesta quarta (20), começou a circular nas redes sociais um novo decreto do Governo de Alagoas. Mas como confirmado pela assessoria de comunicação do próprio Governo, o arquivo é falso.

O decreto realmente deve sair ainda nesta quarta, mas só quando for anunciado pelo próprio governador Renan Filho o quando estiver no Diário Oficial do Estado.

Procurador Geral ressalta que as notícias falsas prejudicam os trabalhos de prevenção e atendimento às vítimas da COVID-19. Foto: Ascom PGE

Caso de Polícia

A Procuradoria Geral do Estado enviou ofício ao Delegado-Geral de Polícia Civil, Paulo Cerqueira, cobrando apuração policial em relação a veiculação de Fake News contra o Governo de Alagoas e o Governador Renan Filho.

A PGE sustenta que as notícias falsas veiculadas nas redes sociais têm o objetivo de prejudicar o trabalho de assistência à saúde prestado em meio a pandemia da COVID-19 e por isso solicita a designação de delegados especiais para o caso.

Os envolvidos em produzir e espalhar tais mentiras podem responder por crimes contra a honra e crimes contra a administração da justiça, como está previsto no Código Penal. Outras duas ações na esfera cível e criminal já foram propostas pela Procuradoria neste sentido.