23 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Grito dos Excluídos faz marcha na Pajuçara contra governo Bolsonaro

Manifestantes se concentraram no Sete Coqueiros onde fizeram uma celebração religiosa

Grito dos Excluídos e Excluídas faz sua marcha na orla de Pajuçara.  Foto: Josiane Calado

Com apoio da Conferência Nacional dos Bispos Brasileiros (CNBB), partidos de esquerda e movimentos sociais, manifestantes contrários ao governo Jair Bolsonaro também ocuparam parte da orla de Maceió.

Eles se concentraram na praia de Sete Coqueiros e iniciaram o ato com uma celebração religiosa, com direito a pregação de padres dirigentes da Pastoral daTerra.

O ato foi iniciado às 10 horas e às 11 horas eles saíram em marcha em direção à praça Multieventos, na praia de Pajuçara.

De camisa vermelha, deputado Paulão lembra importância do “Grito dos Excluídos”.

Esta é a  27ª edição do Grito dos Excluídos. As manifestações ocorrem desde 1995, sem no Dia da Independência. Este ano os manifestantes foram às ruas do País com uma pauta da  Campanha Nacional Fora Bolsonaro, organizada pelas frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, ao lado de centrais sindicais e movimentos populares.

Perversidade das elites – Presente à manifestação, em Maceió, o deputado federal Paulão destacou que o “Grito dos Excluídos e Excluídas” é importante para mostrar à sociedade a realidade sobre a falta de inclusão social no País, assim como a devastação das políticas públicas que tinham como fundamento o acolhimento da população vulnerável das pessoas que mais precisam no País. “O que se tem é um contraponto contra a perversidade da elite nacional que apoia o desgoverno Jair Bolsonaro”. declarou.