9 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Nasceu: Bolsonaro reconhece vitória de Biden nas eleições americanas

Foi preciso ser o último Chefe de Estado em todo o mundo, incluindo aí os aliados mais ferrenhos de Donald Trump

Demorou, mas aconteceu. Foi preciso ser o último Chefe de Estado em todo o mundo, incluindo aí os aliados mais ferrenhos de Donald Trump, mas o presidente Jair Bolsonaro finalmente reconheceu a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

A mensagem acontece mais de um mês após o democrata ser declarado vencedor pelas projeções da imprensa local, no dia seguinte à confirmação do resultado pelo Colégio Eleitoral, e horas após a declaração de Vladmir Putin, o presidente da Rússia.

Antes da postagem, Bolsonaro já havia dito nao “Brasil Urgente”, da TV Band, que pediu ao ministro Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, que envie uma manifestação oficial do governo brasileiro reconhecendo a vitória de Biden.

“Já que os delegados reconheceram que ele Biden foi eleito, não vou mais discutir se houve ou não uma eleição tranquila lá. Não me cabe falar mais nada. Esperei o reconhecimento do Colégio Eleitoral e nós aqui já fizemos um comunicado agora há pouco ao presidente Joe Biden”. Jair Bolsonaro, presidente.

Nota do Itamaraty

Cumprimentos do Presidente Jair Bolsonaro ao Presidente-Eleito dos EUA Joe Biden

O Presidente Jair Bolsonaro transmite a seguinte mensagem ao Presidente-Eleito Joe Biden após o anúncio dos resultados da votação no Colégio Eleitoral dos EUA:

– Saudações ao Presidente Joe Biden, com meus melhores votos e a esperança de que os EUA sigam sendo “a terra dos livres e o lar dos corajosos”.

– Estarei pronto a trabalhar com V. Exa. e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo, assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos.