26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Rodrigo Cunha pede investigação firme da corrupção no governo Bolsonaro

Bancada do governo diz que Bolsonaro havia passado a denúncia para Pazuello

Rodrigo Cunha quer apurar a corrupção no governo Bolsonaro

O senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL) reagiu nesta quinta-feira, 24, às denúncias de corrupção na compra da vacina Covaxin pelo governo Jair Bolsonaro. O contrato firmado pelo Ministério da Saúde para comprar a vacina foi formatado com um superfaturamento de 1.000%.

Esse é um escândalo de corrupção de o senador alagoano também quer ver devidamente apurado.

Segundo Cunha, em postagem no Twitter, “a denúncia de corrupção na compra da vacina Covaxin precisa ser investigada com profundidade e celeridade”.

Bolsonaro responsabiliza Pazuello

Com a bola de neve que vai se formando em torno do tema, com vários parlamentares se posicionando nas redes sociais, além de Rodrigo Cunha, o presidente Jair Bolsonaro tratou logo de culpar o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello pelo caso.

Tamto que senadores governistas que integram a CPI da Covid afirmaram  que o presidente Jair Bolsonaro encaminhou ao então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, as denúncias do deputado Luis Miranda (DEM-DF) e do irmão, Luis Ricardo Miranda, sobre  irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.

Ainda de acordo com os senadores, Pazuello teria promovido uma apuração interna do caso, sem encontrar qualquer problema no contrato. Os parlamentares não divulgaram relatório ou documento do Ministério da Saúde que comprove essa investigação.