17 de julho de 2024Informação, independência e credibilidade

Tag: Pinheiro

Silêncio e conivência das autoridades com tremores de terra nos Flexais

Silêncio e conivência das autoridades com tremores de terra nos Flexais

Blog, Marcelo Firmino
É estranho como as autoridades - e quem mais de direito - fazem vistas grossas para a situação dos moradores dos Flexais, em Maceió, todos vítimas do crime da Braskem. Parece que o sofrimento, as perdas afetivas e patrimoniais nos demais bairros afetados - como Pinheiro e Bebedouro - não foram suficientes para tocar na consciência dos que estão nas estruturas de poder. Há uma grande legião de famílias que estão desestruturadas, a partir desse nefasto crime ambiental na área urbana da capital. Houve a tragédia, o drama e quem deveria agir faz de conta que tudo passou. E não é bem assim. No último sábado, a terra tremeu nos Flexais. O fato aconteceu como um alerta determinante, exatamente no momento em que a Braskem, a Prefeitura e os órgãos de controle realizavam uma dita "Feir
Tremor em Arapiraca acende alerta contra a omissão: Há mineração lá

Tremor em Arapiraca acende alerta contra a omissão: Há mineração lá

Alagoas, Blog, Marcelo Firmino
O tremor de terra verificado em Arapiraca (AL), na última semana, pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) na escala de 2.1, não fez estragos na cidade mas acende a luz de alerta para que as autoridades federais e estaduais passem a monitorar o caso. Os exemplos alagoanos são determinantes para que as providências sejam tomadas de forma célere e organizada. Durante anos, os bairros do Pinheiro e de Bebedouro apresentaram sinais de inconsistência do solo, mas ninguém se preocupou em verificar o que estava acontecendo, apesar de algumas vozes que chamavam a atenção para problemas futuros, como a do professor e cientista José Geraldo Marques. Quando se deu a tragédia do Pinheiro, Bebedouro, Bom Parto, Mutange e dos Flexais a cidade de Maceió passou a ter uma d

Câmara banaliza tragédias do Pinheiro, Brumadinho e Mariana com o estouro da boiada

Blog, Brasil, Marcelo Firmino
A proteção ao meio ambiente é indispensável à vida do planeta. Sem fiscalização ambiental as tragédias viram rotina e o resultado vai muito além da tristeza. As tragédias de Brumadinho e Mariana, em Minas Gerais, do Pinheiro, Bom Parto, Mutange e Bebedouro, em Maceió, são provas inequívocas da necessidade de uma legislação ambiental forte. Quando isso não acontece, o homem paga com a vida: seja morrendo soterrado pela lama das barragens, como em Minas, seja pelo colapso na saúde, como no caso de Maceió, após o crime ambiental da Braskem. Mas, infelizmente, a sociedade se omite, se acomoda e deixa a boiada passar, como bem quer o governo, seguindo a cantilena do corrupto ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Só que quando "boiadeiros" passam a tanger a boiada de forma d
JHC quer levar Bolsonaro para ver ‘in loco’ a tragédia da Braskem no Pinheiro

JHC quer levar Bolsonaro para ver ‘in loco’ a tragédia da Braskem no Pinheiro

Blog, Maceió, Marcelo Firmino
O prefeito de Maceió, JHC (PSB), tem como referência a data de 13 de maio próximo, como o novo dia de visita do presidente Jair Bolsonaro à capital  alagoana. A data foi sinalizada pela assessoria do Palácio do Planalto e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), mas ainda não foi confirmada. No entanto, JHC já passou também para a assessoria do governo uma nova agenda, que pode ser ainda mais impactante e emblemática para a visita de Bolsonaro e sua comitiva. O prefeito quer levar o Presidente da República ao bairro do Pinheiro, para que ele veja de perto o tamanho da tragédia provocada pela Braskem. Os bairros do Pinheiro, Bom Parto, Mutange e Bebedouro foram condenados e as famílias estão sendo expulsas de suas casas, devido aos danos causados pela exploração de sal-g
Vote de forma apaixonada e bela, mas antes passe no bairro do Pinheiro

Vote de forma apaixonada e bela, mas antes passe no bairro do Pinheiro

Blog, Marcelo Firmino
Votar é importante. O voto é a arma do pleno exercício democrático. E como diz o poeta deve ser "secreto como o beijo no começo do amor". Agora cá pra nós, se cada eleitor que fosse votar, antes de depositar seu voto na urna, fizesse um passeio pelas ruas do Pinheiro, como fiz nesta manhã de domingo, 29 de novembro, certamente, iria à seção eleitoral ainda mais determinado. Iria, inevitavelmente, convencido de que na política não basta apenas prometer. E todos prometem. Mas aí é que deve vir à tona a capacidade de discernimento de cada um sobre o real e a fantasia em tempos eleitorais. Uma pequena andança nas ruínas do Pinheiro pode fazer a diferença em tudo. Pode formar opinião, pode emocionar, pode levar às lágrimas  e pode definir o voto. O cenário lá é de um filme d
Lenilda Luna conversa com moradores sobre animais abandonados no bairro do Pinheiro

Lenilda Luna conversa com moradores sobre animais abandonados no bairro do Pinheiro

Maceió
Em visita ao bairro do Pinheiro, nesta segunda-feira, 19, a candidata à prefeitura de Maceió, Lenilda Luna, conversou com moradores sobre a ausência de uma política pública para a destinação dos animais que continuaram ali vivendo, após a saída forçada dos proprietários de suas residências em razão dos impactos ambientais de atividades de mineração pela Braskem. Dona Nadir Farias teve que sair às pressas de sua casa, após viver ali por cerca de 50 anos, e como está morando em um apartamento com seu filho, não pôde levar seus bichos. Quando vivia no Pinheiro, ela também cuidava de outros bichanos da rua, agora tem que voltar ao local todos os dias para alimentar as dezenas de animais que estão habitando em sua antiga residência. “Eles vão chegando aqui, vão ficando e eu vou dando

Decreto de Calamidade é renovado nos bairros afetados por instabilidade de solo

Maceió
O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, renovou por mais seis meses o Decreto de Calamidade Pública para os bairros Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto, afetados por instabilidade de solo que tem provocado fissuras e subsidência. O documento, publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira (25), estabelece que a renovação do estado de Calamidade Pública se deve, entre outros aspectos, ao fato de que os estudos geológicos realizados pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) apontam um processo evolutivo de subsidência nos bairros. A renovação do Decreto de Calamidade Pública faz parte do processo de reconhecimento das instituições federais, uma vez que Maceió necessita de apoio financeiro, de pessoal técnico capacitado e, principalmente, da união de esforços para enfrent
Está na hora: o que os candidatos vão prometer aos moradores do Pinheiro?

Está na hora: o que os candidatos vão prometer aos moradores do Pinheiro?

Blog, Marcelo Firmino
As fotos do jornalista Ailton Cruz, o Birrada, poderiam ser confundidas com imagens da faixa de Gaza, no Oriente Médio, ou Kosovo, na Sérvia, no Sudeste da Europa. As duas regiões convivem com cenários de destruição frequentes, em consequência das guerras étnicas que enfrentam. Mas, na verdade, o olhar fotográfico do Birrada é para Maceió, no bairro do Pinheiro, onde a destruição não exige muito esforço da lente de um atento repórter-fotográfico. Está tudo ali. Para a foto, filme ou lives de digital influencer, que tenha o mínimo de compromisso social para com a angústia, dor e revolta de uma gente vítima da destruição do maior crime ambiental já registrado na história de Alagoas, causado pela mineração da poderosa Braskem. As mineradoras são assim em qualquer lugar deste P
Defesa Civil analisa se rachaduras provocadas pela Braskem chegaram ao Farol

Defesa Civil analisa se rachaduras provocadas pela Braskem chegaram ao Farol

Maceió
A Defesa Civil de Maceió inicia na manhã desta quinta-feira (10) levantamentos no bairro do Farol para analisar se o aparecimento de rachaduras em alguns imóveis tem relação com a instabilidade de solo que afeta os bairros Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto, provocados pela atividade de mineração da sal-gema, realizadas pela Braskem. Os levantamentos iniciais consistem na análise das edificações que apresentam rachaduras e imóveis circunvizinhos, para identificar possíveis feições e suas continuidades. “A intenção desses levantamentos é investigar se o fenômeno está se estendendo para outras áreas. Investigar se as fissuras e fraturas identificadas estão associadas à instabilidade de solo que afeta os bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto ou não”. Antonioni Guer
Senai e MPT garantem capacitação profissional para duas mil pessoas

Senai e MPT garantem capacitação profissional para duas mil pessoas

Alagoas, Notícias
Um convênio firmado nesta terça-feira (24) entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/AL) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) vai garantir duas mil vagas em cursos de capacitação profissional, com prioridade para trabalhadores dos bairros Bebedouro, Bom Parto, Mutange e Pinheiro que tiveram o contrato de trabalho rescindido em decorrência da situação de calamidade pública decretada pela Prefeitura de Maceió. Caso sobrem vagas, elas serão preenchidas por trabalhadores que perderam o emprego por conta da pandemia de Covid-19 e querem se reposicionar no mercado. O edital dos cursos deverá ser lançado nos próximos dias. Durante a assinatura, que ocorreu na Casa da Indústria, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), empresário José Carlos Ly