28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade

Dia: 6 de maio de 2022

JHC lança Cittamobi Acessibilidade para auxiliar no monitoramento do transporte coletivo

JHC lança Cittamobi Acessibilidade para auxiliar no monitoramento do transporte coletivo

Maceió
Prefeito JHC esteve na SMTT para lançar, oficialmente, o Cittamobi Acessibilidade. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió Mais acessibilidade e tecnologia para os deficientes visuais da capital alagoana. O prefeito de Maceió, JHC, lançou nesta quinta-feira (5), o Cittamobi Acessibilidade. A ferramenta é voltada para deficientes visuais, conta com assistente de voz e recebe interações por áudio ou por tela. Na ocasião, o prefeito também fez a entrega de 150 coletes balísticos e 100 capas de chuva para os agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). O prefeito destacou que os investimentos feitos na SMTT fazem parte de um conjunto de ações de modernização para o órgão. “Essa é uma ferramenta especial de acessibilidade e inclusão para pessoas com deficiência
Vândalos furtam 800 metros de cabos na orla marítima de Maceió

Vândalos furtam 800 metros de cabos na orla marítima de Maceió

Expresso, Maceió
Sima iniciou trabalho para restabelecer iluminação na região. Foto: Ascom Sima A Superintendência Municipal de Iluminação Pública (Sima) detectou mais um grande furto de cabos de fios de cobre na capital. Desta vez, o crime foi registrado na orla das praias de Ponta Verde e Pajuçara, o que comprometeu o funcionamento de refletores. Nesta quinta-feira (5), equipes do órgão iniciaram os serviços para manutenção da rede, com a reposição de cabos e dispositivos roubados. Cerca de 800 metros de cabos foram furtados, no trecho referente ao início do estabelecimento Kanoa até o posto do Corpo de Bombeiros na Pajuçara. O ato criminoso, frequente na capital alagoana, além de trazer prejuízos aos cofres públicos, deixa a população à mercê do perigo da fiação retirada de forma clandestina
Bolsonaro, aos berros, joga para a claque e ataca lucros dolarizados da Petrobras

Bolsonaro, aos berros, joga para a claque e ataca lucros dolarizados da Petrobras

Brasil, Governo
Aos gritos, durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que os lucros registrados recentemente pela empresa são “um estupro”, beneficiam estrangeiros e quem paga a conta é a população brasileira. Ele gritou como se não tivesse absolutamente nada com isso, mas tem. Foi o governo que institiu a política de preços dolarizada dos combustíveis no País. Apesar dos berros, durante a live desta quinta-feira, 5, ele descartou interferir na companhia. Preferiu gritar à toa, fazendo o jogo conveniente para a sua claque de apoiadores em ano de eleição. “Se tiver mais um aumento (nos preços dos combustíveis), pode quebrar o Brasil. E o pessoal da Petrobras não entende, ou não quer entender. A gente sabe que têm leis. Mas a gente apela para a
Lula diz que matou de inveja os rivais por ser capa da Time

Lula diz que matou de inveja os rivais por ser capa da Time

Política
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que "matou os adversários de inveja" por ter sido capa da revista norte-americana Time. O petista estampa a capa de uma das mais prestigiadas publicações do mundo, em edição prevista para 23 de maio. "Essa semana eu matei outra metade [dos adversários] de inveja, porque saí na capa da revista Time, gente. Eles já têm raiva porque o Haddad falou que eu tenho muito título doutor honoris causa. E eu tenho título que matou meus adversários de inveja. Sou doutor honoris causa da Sciences Po. Olha que chique, olha que chique, eu nem sabia falar. Título de doutor honoris causa na França na Sciences PoLula, durante 'aula magna' na Unicamp". Ainda ao falar dos adversários, Lula usou um tom irônico para provocar o ex-juiz federal Sergio Moro
TSE responde alarde de Bolsonaro e lembra que partidos fazem auditorias desde 1997

TSE responde alarde de Bolsonaro e lembra que partidos fazem auditorias desde 1997

Justiça
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, pouco depois da live do presidente Jair Bolsonaro, que os partidos políticos estão autorizados pela lei a fazer suas próprias auditorias das eleições. "A fiscalização das eleições está prevista nos artigos 65 a 72 da Lei nº 9.504 de 30 de setembro de 1997, conhecida como Lei das Eleições. Os partidos políticos podem fazer suas próprias auditorias pelo Registro Digital do Voto (RDV). Lembramos, ainda, que qualquer cidadão pode fazer sua própria auditoria por meio do Boletim de Urna, emitido pelo mesário ao final da votação e divulgado nas seções eleitorais e no site do TSE". Leia mais: Atrás nas pesquisas, Bolsonaro diz que seu partido fará auditoria das urnas A versão do presidente, que com alardes afirmou que seu partido fará auditor
Pacheco responde Bolsonaro e reforça que sistema eleitoral brasileiro é livre de fraudes

Pacheco responde Bolsonaro e reforça que sistema eleitoral brasileiro é livre de fraudes

Política
O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), reagiu ao presidente Jair Bolsonaro, que cobra auditorias das urnas, enalteceu o sistema eleitoral brasileiro. Leia mais: Atrás nas pesquisas, Bolsonaro diz que seu partido fará auditoria das urnas Em seu perfil no Twitter, Pacheco afirmou que o país tem um sistema eleitoral que, em 25 anos de existência, jamais apresentou qualquer fraude ao longo das 18 eleições realizadas com as urnas eletrônicas. "Temos um sistema eleitoral que, em 18 eleições ao longo de 25 anos desde a implementação das urnas eletrônicas, não registrou nenhum caso de fraude. As urnas eletrônicas sempre foram motivo de orgulho para nós brasileiros. Elas são testadas, aferidas e confiáveis". Rodrigo Pacheco. Afirmando que as eleições gerais marcadas p
Atrás nas pesquisas, Bolsonaro diz que seu partido fará auditoria das urnas

Atrás nas pesquisas, Bolsonaro diz que seu partido fará auditoria das urnas

Política
Em mais uma live de quinta, e novamente sem provas, o presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar as urnas eletrônicas e a realização das eleições marcadas para outubro de 2022. Atrás nas pesquisas de intenção de voto, Bolsonaro afirmou que já pediu para Valdemar Costa Neto, presidente de seu partido, contratar uma empresa externa para fazer auditoria "antes das eleições". Leia mais: Hoje faz 34 anos que Bolsonaro foi expulso do Exército por planejar atentado terrorista "Para melhor termos umas eleições livres de qualquer suspeita e de interesse externo, mas ela pode falar que é impossível auditar e não aceitar fazer o trabalho, olha a que ponto nós vamos chegar". O presidente, que não revelou o nome da empresa de auditoria, disse apenas que a ideia foi discutida com Costa Neto.
Projeto Cidadão Legal auxilia na emissão de 524 títulos eleitorais em Alagoas

Projeto Cidadão Legal auxilia na emissão de 524 títulos eleitorais em Alagoas

Alagoas
Casa de Direitos da Seprev auxilia de forma gratuita na emissão de documentos e outras demandas. Foto: Vitor Beltrão / Ascom Seprev O prazo para o alistamento eleitoral foi encerrado nesta quarta-feira (4) e mais de 20 mil jovens alagoanos, entre 15 e 17 anos, atenderam ao chamado do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) para a emissão do primeiro título de eleitor. De acordo com dados do TRE/AL, o número corresponde a mais de 80% da quantidade de adolescentes aptos a exercer o voto, o que sinaliza um aumento expressivo na participação política dos jovens nessa faixa etária, para os quais o voto é facultativo. Esta adesão contou com o apoio da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), que, por meio do Projeto Cidadão Legal da Casa de Direitos, auxiliou de f