27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Com investimentos de R$ 6,2 milhões, Governo de AL entrega em Jaraguá a sexta UPA de Maceió

Até o final deste ano deve ser inaugurada mais uma Unidade, que está sendo construída em Chã da Jaqueira

O governador Renan Filho e o secretário da Saúde, Alexandre Ayres, inauguraram, na manhã desta segunda-feira (08), a Unidade Pronto Atendimento (UPA) Dr. Délio Almeida, localizada no histórico bairro de Jaraguá, em Maceió.

Essa é a sexta UPA entregue pelo Governo de Alagoas nos últimos sete anos na capital e a quarta edificada com recursos próprios do Tesouro Estadual, na maior transformação já vivenciada pelo setor da saúde no estado.

“A UPA do Jaraguá vai ajudar bastante no funcionamento da saúde pública em Alagoas. Quando assumi o Governo do Estado, Maceió era, infelizmente, a única capital do Brasil que não possuía, sequer, uma UPA em funcionamento. Hoje, temos seis funcionando. Isso significa, obviamente, um esforço que o Governo fez no sentido de garantir mais atendimento às pessoas”. Renan Filho.

O governador disse, ainda, que espera, até o final deste ano, inaugurar mais uma Unidade de Pronto Atendimento, que está sendo construída em Chã da Jaqueira.

“Com a UPA de Jaraguá, vamos ampliar a oferta de atendimento, podendo atender 10 mil pessoas a mais por mês. Nos próximos meses, talvez ainda em dezembro, entregaremos pronta a UPA da Chã da Jaqueira, que vai atender toda aquela área lagunar de Maceió, que é muito populosa e também precisa de atendimento em saúde”. Renan Filho.

Foram investidos R$ 6,2 milhões na construção da UPA de Jaraguá, que será gerida, exclusivamente, pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

A unidade é do tipo III, referência para os moradores do 1º Distrito de Saúde, formado pelos bairros do Poço, Ponta da Terra, Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Mangabeiras, além do próprio Jaraguá, onde está localizada.

A UPA de Jaraguá será referência nas áreas de clínica geral, pediatria, ortopedia e odontologia, contando com leitos de observação e de urgência. A nova unidade vai funcionar 24 horas, durante os sete dias da semana, especializada em resolver parte das urgências e emergências.

“Essa UPA terá quatro médicos 24 horas, sendo três clínicos e um ortopedista. Nós teremos exames de imagem de última geração e um atendimento qualificado. Aqui serão atendidas, em média, 350 pessoas por dia”. Alexandre Ayres.

Para o gestor, o equipamento chega para preencher um vazio assistencial histórico.

“Estamos falando, aqui, de um dos primeiros bairros de Maceió que é o Jaraguá e a população deste bairro, da Ponta da Terra, da Pajuçara, do Santo Eduardo e do Poço viviam a mercê de atendimentos no Hospital Geral do Estado ou na UPA no Trapiche. A chegada desse novo equipamento é justamente para que possamos descentralizar os serviços de saúde e aproximá-los da população maceioense e alagoana”. Alexandre Ayres.

Homenagem

A solenidade reuniu deputados, vereadores, secretários de Estado, lideranças comunitárias, dentre outras autoridades. Os familiares do médico Délio Almeida, que dá nome ao novo equipamento de saúde, compareceram à cerimônia e foram homenageados pelo governador. Ex-deputado estadual por duas legislaturas, o médico otorrinolaringologista faleceu em dezembro do ano passado.

“Essa homenagem ao doutor Délio é muito simbólica para todos nós. O doutor Délio era um grande alagoano, em primeiro lugar; um homem que viveu a vida de maneira alegre, feliz e construiu muitos amigos, um excelente médico e, pela sua capacidade de interação social, foi também um representante político do Estado de Alagoas. Agora, ele está imortalizado na história da saúde pública alagoana com a construção da UPA Dr. Délio Almeida, aqui no Jaraguá”. Renan Filho.

O senador Renan Calheiros também participou da inauguração da UPA e falou sobre a importância do novo equipamento para a saúde pública na capital alagoana.

“Essa é a sexta UPA entregue à população de Maceió. Isso, sem dúvida, vai desafogar o HGE (Hospital Geral do Estado) e é muito importante para o atendimento à população. Eu fico muito feliz pela certeza de que o governador está no caminho certo e que, se o Brasil seguir seu exemplo, vamos poder retomar a normalidade com uma estrutura maior na área de Saúde para o atendimento às pessoas”. Renan Calheiros.

Investimentos na capital e interior

Foram entregues e estão em funcionamento em Maceió as UPAS do Trapiche da Barra, do Benedito Bentes, do Tabuleiro do Martins, do Jacintinho, da Cidade Universitária e do Jaraguá.

Ainda na capital alagoana, o Governo do Estado construiu e entregou os hospitais Metropolitano e da Mulher. Estão previstos, até o próximo ano, o Hospital da Criança, o Hospital do Coração, o Hospital do Idoso e a UPA de Chã da Jaqueira.

O maior investimento em saúde pública da história de Alagoas foi planejado dentro de um programa de regionalização para garantir que cada alagoano disponha de atendimento de Média e Alta Complexidade na região onde reside.

Dessa forma, o Governo do Estado também realizou investimentos no interior com a construção e entrega do Hospital Regional do Norte, em Porto Calvo; do Regional da Mata, em União dos Palmares; e do Regional do Alto Sertão, em Delmiro Gouveia. Serão construídos, ainda, o Hospital Regional do Médio Sertão, em Palmeira dos Índios; e o Metropolitano do Agreste, em Arapiraca.