23 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Comandante da PM pernambucana cai. Já vai tarde!

A queda do hoje ex-comandante da Polícia Militar de Pernambuco, Vanildo Maranhão, nos dá um sopro de esperança. Ele já vai tarde!

No sábado, a PM pernambucana protagonizou cenas dignas de ditaduras de bananas ao dispersar um protesto pacífico de forma selvagem e condenável.

Digo que é um sopro de esperança porque a sociedade reagiu ao ato de barbárie que terminou com duas pessoas carregando sequelas pelo resto da vida. A repercussão acabou com o pedido de exoneração do cidadão.

Assume nesta quarta-feira, 2, o coronel José Roberto Santana, que ocupava o cargo de diretor de Planejamento Operacional da PMPE.

Foi um bom começo mas, não é suficiente. Há procedimentos investigatórios instaurados pela Corregedoria-Geral da Secretaria de Defesa Social e pela Polícia Civil do estado vizinho.

Que seja dado nome aos bois e que o gado de coturno seja punido nos artigos mais severos da lei.

Não podemos aceitar tanto retrocesso e tamanha ameaça com as PMs saindo de controle numa tentativa de alguns setores de implantar uma ditadura bolsonarista.

Hipócritas, eles agem para transformar o país em uma ditadura, igualzinho às que eles tanto vociferam existir em dois países da América Latina que julgam “comunistas”.

Se a ideia deles é incendiar o Brasil, é preciso que as instituições demonstrem força para que o fogo pegue é nos fascistas.