9 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Como um Von Richtoffen chegou à Presidência da República?

Gente, eu estou morrendo com a alusão feita pela deputada Joyce Hasselman àquele ser vivo que ocupa a cadeira lá no Palácio do Planalto.

Segundo ela, “se a pátria é nossa mãe, Bolsonaro é a Suzane Von Richtoffen”. Kkkkk

Como quem é cúmplice também paga pelos crimes, os internautas não demoraram a dar o troco. “Infelizmente, a senhora foi uma irmã Cravinho. Ajude a tirar esse inapto”, respondeu um seguidor da parlamentar.

Joyce se elegeu na onda do bolsonarismo e no ódio contra o PT. As pessoas têm o direito de se arrepender? Sim! Mas, se for para fazer besteira de novo, não conte com meu perdão.

Veja o caso de Miriam Leitão. Fazer analogia do impeachment de Dilma Rousseff, naquele grande acordo nacional “com o STF e com tudo” (JUCÁ, 2018), ao provável impedimento de Bolsonaro, pela incompetência irresponsabilidade e vibe assassina, é de uma desonestidade intelectual abissal.

Essa gente não se arrepende de ter alimentado o ódio gratuito à esquerda que contribuiu para criar esse monstro aí. O sonho deles é alçar algum tucano à Presidência para tocar o projeto neoliberal. Não dá!

Querem vender Dória como presidenciável? Achei exemplar o comportamento dele diante da vacinação da população. Mas, ele não é o mesmo que manda tomar cobertor de moradores de ruas e expulsá-los a jatos de água? Uma política higienista escrota.

Não é o mesmo que compra farelo para distribuir como merenda escolar? O “Bolsodória” se envergonha do seu passado e já se desculpou por suas peraltices?

Voltando a história dos Richtoffen, Andreas, o irmão mais novo de Suzane, teve a vida destruída. Há um tempo, aos trinta e poucos anos, o rapaz milionário, muito inteligente e com curso superior, foi encontrado em situação de rua, cheio de crack.

Não suportou o peso da atitude criminosa da irmã, junto ao namorado. Os brasileiros que pensam e têm coração são os Andreas da vida. Ou algo é feito agora ou será tarde demais.

One Comment

  • Avatar Paulo César Baruque

    Vamos observar em 2022, quem será reeleito entre Bolsonaro e Joyce, daí veremos o que o povo de fato quer ! Afinal, mesmo que uns não gostem, o povo é quem escolhe !

Comments are closed.