6 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Daniel Silveira vira bandido de estimação em nome da causa

Deputado berra, ameaça ministros e a instituição STF para o deleite da idiotização nacional

Daniel Silveira: preso 90 vezes na PM e vira “bandido de estimação”

É impossível não insistir que alguma coisa está muito além da ordem e progresso deste País. E o caso do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) é uma prova real.

É uma questão que envolve caráter e qualidade do ser humano.

O  sujeito, em sua arrogância e truculência peculiar, expõe ao mundo que quando policial militar foi preso 90 vezes na corporação.

Isso não é um fato normal. Está completamente fora de ordem, da curva e do bom senso que deveria nortear as pessoas, sobretudo, nos momentos de crise.

Mas, com esse currículo o dito cujo é eleito deputado federal.

Achou pouco e, num rompante de histeria,  faz ataques brutais ao Supremo Tribunal Federal, com ameaças veladas a ministros para o deleite da idiotização nacional.

Por mais que se discorde desse ou daquele julgamento de uma instituição como o poder judiciário, mas há que se compreender que as instituições são sagradas e não devem ser atreladas a pensamentos disformes ou conformes a quem quer que seja.

Resultado, cana. O deputado está preso pelas ameaças que fez ao STF. E pela quebra de decoro deveria mesmo perder o mandato.

Mas, a verdade é que agora, depois ter sido preso 90 vezes na PM e hoje pela Polícia Federal, ele simplesmente virou bandido de estimação de muita gente.

E muita gente que, de uma hora para outra, virou “jurista” em nome da causa.

Isso me lembra aquela história de uns e outros que viviam a berrar: -Eu não tenho bandido de estimação!

Ah, tem sim. E como tem…