24 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Em tempos de ‘Bolsolão’, Collor canta para deputado: ‘Mamãe eu quero mamar’

Resposta do senador a deputado paulista é autoexplicativa no atual momento político do País

E Collor cantou para “Mamãe Falei” a machinha de carnaval: ‘Mamãe eu quero mamar”

O senador Fernando Collor de Mello foi alvo no Twitter de várias criticas, após a divulgação da foto em que aparece posando ao lado do deputado federal Arthur Lira (PP) e do Presidente Jair Bolsonaro. A cena remete aos eventos realizados durante a visita da comitiva presidencial a Maceió.

Uma das criticas foi do deputado paulista Arthur do Val, mais conhecido como “Mamãe Falei”, que se dirigiu ao Twitter do senador Flávio Bolsonaro, mas citando os senadores alagoanos, Fernando Collor e Renan Calheiros, além do presidente da Câmara, Arthur Lira.

O curioso de tudo ficou por conta da reação do senador Collor que respondeu com a letra da marchinha de carnaval “Mamãe eu quero mamar”.

E justo no momento em que o jornal Estado de S. Paulo denunciou que o governo federal criou um orçamento paralelo com R$ 3 bilhões de reais para “comprar deputados e senadores”. Segundo o jornal, o negócio se constitui no “Bolsolão de Bolsonaro”, que remete a uma mamata escandalosa no País.

Collor é um dos parlamentares que deve aos cofres da União mais de R$ 300 milhões e suas empresas estão em recuperação judicial, há mais de 2 anos sem pagar as indenizações dos trabalhadores demitidos.

A discussão de Collor no Twitter é, portanto, autoexplicativa, nesses tempos em que aparece como “amigo de infância” de Bolsonaro e familiares.

“Mamãe eu quero” é uma música do maestro Vicente Paiva, grande sucesso do carnaval de 1926, que era uma sátira aos políticos da época. Uma das estrofes diz assim:

Dorme filhinho do meu coração
Pega a mamadeira em vem entrar no meu cordão
Eu tenho uma irmã que se chama Ana
De piscar o olho já ficou sem a pestana .

E foi assim que Collor respondeu ao deputado da mesma corrente ideológica: