29 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Mercado da Produção: Quando a imundície histórica atenta contra a saúde pública. Veja vídeo

Uma história de descaso e omissão que se repete a cada chuva em Maceió

Mercado da Produção: uma velha história de descaso e omissão em Maceió

O prefeito JHC poderia ter como meta acabar com uma chaga da gestão pública em Maceió, que se arrasta a longos e longos anos.  Trata-se exatamente do Mercado da Produção.

É o que há de mais horroroso na capital alagoana, só perdendo mesmo para o Riacho Salgadinho.

Embora a gravidade das condições de higiene no mercado, principalmente nessas épocas invernosas, talvez seja ainda pior se levarmos em consideração o ambiente de convivência do consumidor, do feirante e dos produtos ali estocados para a comercialização.

O mercado é uma vergonha histórica. O pior é que entra gestão e sai gestão e tudo fica como está. Ou seja, na completa imundície.

Mais grave ainda é a omissão da classe política alagoana que nunca priorizou o mercado em nada, a não ser para pedir votos nas campanhas eleitorais.

Passou da hora de alguém tratar do tema com a seriedade que ele exige.

Afinal, esse vídeo postado nas redes sociais por um feirante de lá, é a prova contundente do descaso e da pouca vergonha que a história tem testemunhado.

JHC, que está no inicio de gestão, pode mudar essa realidade. Poderia começar desapropriando aqueles armazéns de Jaraguá e lá instalar um novo mercado, com ordenamento e reestruturação do negócio.

O que não pode é permitir que o maceioense continue exposto ao perigo que o mercado representa para saúde pública.

O mais lamentável ainda é a omissão dos órgãos de fiscalização diante de tamanha agressão ao homem e ao meio ambiente.

Em qualquer cidade do País, o mercado é um bom lugar para se conhecer.  E isso nunca foi o caso de Maceió.

Até quando?

Veja vídeo: