26 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Mundo

Pesquisadores dizem que virus do Covid dura até 28 dias em maçanetas, dinheiro e celular

A pesquisa foi realizada na Austrália pela Organização de Pesquisa Científica e Industrial do País

A pesquisa foi feita por cientistas australianos

Quanto tempo dura o novo coronavírus em superfícies? A resposta a essa pergunta apareceu em estudos no início da pandemia e variava de algumas horas a 5 dias, conforme o material.

Mas um grupo de pesquisadores na Austrália encontrou vírus ainda “robusto” após 28 dias em superfícies lisas, não porosas, como cédulas, de aço inoxidável, vidro, vinil e papel e polímero. O resultado foi obtido mantendo o ambiente a 20ºC, com umidade relativa a 50%. Os pesquisadores mencionam que esses são exemplos de áreas de superfície de alto contato, como vidro em telas sensíveis ao toque – como as de celular – e maçanetas de aço inoxidável.

Já em superfícies porosas, como o algodão, o vírus sobreviveu por aproximadamente 14 dias. Em cada superfície, foi usada uma gota de fluido contendo o vírus em concentrações semelhantes aos níveis observados em pacientes infectados.

A pesquisa foi conduzida pela Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Commonwealth (CSIRO, na sigla em inglês). O estudo, revisado por pares, foi publicado no Virology Journal.

Os cientistas mantiveram as amostras de vírus sem exposição a luz ultravioleta, que mata o Sars-Cov-2.

Nas superfícies mantidas a 30°C, o vírus infeccioso não sobreviveu além de sete dias em aço inoxidável, dinheiro (cédulas de polímero) e vidro. Já em vinil e tecido de algodão, o material infeccioso não foi detectado além de três dias.

O estudo ainda manteve as gotas com vírus a 40°C. Nessa temperatura, o vírus foi inativado muito mais rapidamente. O Sars-CoV-2 foi detectado por menos de 16 horas para tecido de algodão. Em vidro, papel e cédulas de polímero e aço inoxidável, ele foi detectável por até 24 horas, e 48 horas para vinil. (Por Fabiana Salani)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.