26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Renan pede a convocação do ‘véio da Havan’ para depor na CPI da Covid

Luciano Hang foi citado como um dos envolvidos na compra da Covaxim

Veio da Havan denunciado no esquema da vacina no Ministério da Saúde

Apontado como um dos integrantes da cadeia de corrupção da compra de vacinas no Ministério da Saúde, Luciano Hang,  o “Véio da Havan” será investigado pela CPI da Covid, no Senado Federal.

Hang, dono da loja Havan, foi citado pelo sócio da farmacêutica Belcher, Emanuel Ramalho Catori durante seu depoimento à CPI da COVID desta terça-feira, 26, como um dos  envolvidos nas negociações para a compra da Covaxim.

Catori citou especificamente as conversas que manteve com Luciano Hang, Carlos Wizard e Alan Eccel.

Após a revelação do nome do empresário, o  relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), senador Renan Calheiros (MDB-AL), entrou com requerimento para convocar Luciano Hang para prestar depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID.

“Nós precisamos marcar o depoimento do senhor Luciano Hang que era um notório membro do gabinete paralelo.”
Segundo o senador, Luciano Hang “faz parte do submundo do negacionismo” e por isso deve explicações na comissão parlamentar.
O senador Randolfe Rodrigues atendeu ao pedido de Calheiros e afirmou que, após o feriado de 7 de setembro, a CPI vai determinar a data para que o empresário seja ouvido.