23 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Ser pai não é vergonhoso, não

Virou moda, no Dia dos Pais, transformar as redes sociais num muro de lamentações. Ao invés de homenagens a essa figura tão importante em nossas vidas, temos que aturar uma militância chata e incoveniente.

Há covardes que fogem ao seu papel, deixando mulheres corajosas sobrecarregadas e sozinhas na missão que é de ambos? Sim. Mas, deixe para cobrá-los nos outros 364 dias do ano, por favor.

Porque a figura paterna é importante, sim, para o nosso desenvolvimento cognitivo e social. E a todos esses guerreiros, os nossos parabéns. Não apenas no segundo domingo de agosto, mas, a vida inteira.

Às mães-solo, apesar de detestar esse estereótipo que romantiza a mulher sofredora, minha solidariedade. No entanto, militar no dia de reconhecer aqueles que amam e se dedicam aos seus filhos, não vai mudar a realidade.

Só revela um exército de gente chata e amargurada. A todos os pais de verdade, nossas saudações. Aos “pailhaços”, esse domingo não foi o dia de vocês. E às “pães”, que tal fazer uma mobilização para estabelecer o dia de vocês?