22 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

SSP lança projeto de combate à perturbação do sossego em Marechal Deodoro

Projeto é sucesso em Maceió, onde já funciona há mais de um ano nos bairros do Clima Bom e Vergel do Lago

Uma das ocorrências que mais acabam com a tranquilidade da população é alvo de um projeto da Chefia de Articulação Política de Prevenção, da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

Intitulado Na Base do Sossego, a ação busca combater as infrações de perturbação do sossego agora também no município de Marechal Deodoro.

O projeto é sucesso em Maceió, onde já funciona há mais de um ano nos bairros do Clima Bom e Vergel do Lago. Depois dele, o número de atendimentos dos chamados do 190 aumentou em mais de 45%, fortalecendo a confiança do cidadão na PM.

“Isto se deve a rápida resposta das Bases Comunitárias do Vergel e Osman Loureiro em atender as ocorrências de Perturbação do Sossego. Atendimentos que já culminaram na apreensão de 78 equipamentos sonoros”. Major Iran Rêgo de Melo, da Chefia de Prevenção.

Nesse primeiro contato, a ação teve foco no bairro Poeira e no Loteamento São José que, segundo a base de dados da Polícia Militar, são comunidades que acumulam um número elevado de denúncias de perturbação de sossego no município.

A expectativa da dona de casa Edilene Silva de Lima é que o projeto leve tranquilidade para a rua onde mora. Segundo ela, especialmente nos finais de semana, há muito barulho de vizinhos e de carros com som alto.

“Essa rua é muito barulhenta. Tem dia que está cheia de (aparelhos de) som, às vezes até os vizinhos ficam com o som ligado até uma, duas horas da manhã”, disse.

Contudo, a dona de casa demonstrou otimismo com a chegada do projeto. “A gente está vendo que vai dar certo, que vai inibir mais esse pessoal que gosta de fazer barulho. Vai ser muito bom”, concluiu.

Para esta ação, a Chefia de prevenção contou com o apoio da Secretaria de Prevenção à Violência (SEPREV), da 5ª Cia da Polícia Militar, da Base Comunitária e do Conselho de Segurança Comunitário da comunidade Pedras, da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Marechal Deodoro.

Como Funciona?

O projeto Na Base do Sossego ocorre em duas fases: na primeira, preventiva e educativa, os agentes da Base Comunitária visitam os endereços com maior número de registros no Comando de Operações Policiais Militares (COPOM) e orientam os indivíduos sobre os possíveis crimes que eles podem estar cometendo dentro das leis de contravenções penais e de crimes ambientais.

Os agentes também aplicam um questionário e apresentam um relatório sobre a visita, que deve ser assinado a fim de comprovar que o cidadão foi devidamente orientado.

Ao final da visita, ainda são entregues alguns folhetos educativos que citam as leis que tipificam a poluição sonora e a perturbação do sossego. Havendo a recorrência, o aparelho de som pode ser recolhido e será realizada audiência preliminar.