26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Vigilância Sanitária interdita farmácia na parte alta de Maceió

Estabelecimento terá 90 dias para se adequar e retomar seu funcionamento

Uma farmácia localizada no Eustáquio Gomes foi interditada, nesta quarta-feira (19), por técnicos da Vigilância Sanitária de Maceió.

O estabelecimento vinha funcionando sem possuir documentos, como o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), alvará sanitário, Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE), expedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e sem responsável técnico.

O local também comercializava medicamentos de uso controlado sem seguir as normas estabelecidas pelos órgão competentes.

A farmácia foi notificada, autuada e terá 90 dias para se adequar às normas da Vigilância Sanitária de Maceió, podendo receber multa que varia de R$ 180 a R$ 19 mil. O valor é estabelecido conforme a gravidade das infrações cometidas.

De acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos, a interdição do local foi necessária, pois seu funcionamento trazia alto risco à saúde das pessoas atendidas no local.

“As irregularidades flagradas por nossa equipe tornaram o funcionamento da farmácia inaceitável e, por isso, o local precisou ser interditado. Agora, o estabelecimento só poderá retomar seu funcionamento normal após regularizar todas as inadequações encontradas em nossa fiscalização”. Airton Santos.

Disque Denúncia

A população também pode auxiliar a Vigilância em seu trabalho de fiscalização dos estabelecimentos comerciais de Maceió. Para isso, o órgão conta com seu Disque Denúncia, que funciona no 3312-5495. Pelo telefone, maceioenses podem solicitar a inspeção dos estabelecimentos que apresentem irregularidades sanitárias no município.