26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Blog

Até em promoção, a gasolina nossa de cada dia continua pela hora da morte

E muita gente pensou que agora os preços seriam generosos

A história é a mesma de sempre e ninguém faz nada. Entra governo, sai governo e o preço da gasolina (pela hora da morte) vive a desafiar o bom senso e humor de cada ser mortal.

Aqui, na terra alagoana, o cartel é tão pesado que ninguém encontra muita diferença de preço de um posto de combustível para outro. Quase todos são iguais.

De repente, surge um fazendo uma promoção de preço. Mas, convenhamos: promoção?

E muita gente acreditou que agora nos tempos das patentes enfileiradas no poder central a gasolina iria ser vendida a preço de banana. Aliás, foram tantas as postagens nas redes sociais sobre o tema que pareciam uma festa com canção desentoada.

Tudo balela. A gasolina de Alagoas continua sendo uma das mais caras do País. E a do País, talvez a mais cara do mundo.

Mas, alguns postos estão em promoção, na cara de pau. É o caso de se dizer: promoçãozinha sem-vergonha!

E tudo em nome dos interesses do mercado.

 

One Comment

  • Tá certo, sim! Mas, me diz só uma coisa: por que quando o preço do litro de gasolina, diesel, gás e álcool esteve abaixo dos preços atuais (por exemplo: R$ 3,38 ou 3,79 de gasolina) nada dissestes, para incentivar ainda mais à concorrência do livre-mercado?
    Passou despercebido, né?
    Abr
    *JG

Comments are closed.