23 de setembro de 2020Informação, independência e credibilidade

Wagner Melo

Wagner Melo é jornalista profissional formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal/2000) e pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Cesmac (2010). Possui experiência em assessoria de imprensa, redação publicitária e passagem em veículos como a Gazeta de Alagoas (onde foi revisor, repórter de Cidades e Política e, posteriormente, editor-adjunto de Cidades) e Folha de S. Paulo (colaboração em Alagoas). Também foi repórter na Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) de Maceió e é coautor do livro “Maceió: Perspectivas e Desafios”.

Será que venceremos? Quem sabe?

Blog, Wagner Melo
Será que avançaremos e recuperaremos um pouco da nossa liberdade e das nossas vidas diante de uma ameaça mundial? O governador Renan Filho já deu o recado: se as pessoas continuarem a levar a vida como se nada estivesse acontecendo, a resposta é “não”. Ou melhor, vamos retroceder. As medidas de reabertura serão canceladas e a gente pode ter que enfrentar um período de isolamento mais rígido. O que custa usar uma máscara, evitar aglomerações, observar medidas de higiene preventivas, somente sair de casa “quando” e “se” necessário? O inimigo é invisível, o que o torna mais perigoso. Sim, pois muitos não temem o que não enxergam. Espero que não tenhamos que enfrentar o tal do lockdown. Será terrível. Do jeito que está é o que vislumbro. A ignorância, por enquanto, está venc

Emas, aves-símbolo da resistência

Blog, Wagner Melo
Confesso que me surpreendo com esse governante, mesmo sempre esperando qualquer coisa dele (de ruim, é claro). A foto do "capetão" mostrando uma caixa de cloroquina a uma ema é a última presepada que me deixou atordoado. Quando vi, pela primeira vez, reagi com indiferença. - “Ah, é só mais uma montagem”, pensei. Para minha surpresa, vi um colega jornalista compartilhando a imagem em sua rede social e garantindo: ela é real. Recusei-me a acreditar e fui pesquisar. É real, sim! Mas ainda não estou convencido, daqui a pouco acho que vou acordar e descobrir que tudo não passou de um sonho. Os níveis de loucura e obsessão desse homem não são normais. É uma grande preocupação saber que o país tem como liderança alguém tão insano e submisso a um vilão clássico. O "cenourã

Hardcore XXI: a resistência continua…

Blog, Wagner Melo
Tim Maia já dizia que o Brasil era estranho, pois prostitutas gozam, cafetões são ciumentos e os pobres são de direita. Para nosso azar, o eterno "síndico" partiu cedo, nos privando de suas performances únicas e de seu vozeirão. Por outro lado, foi "sorte" dele não estar vivo para testemunhar o surgimento de espécies asquerosas com os tais "roqueiros conservadores". Eita, gente patética! Os caras ouvem bandas como o Pink Floyd e acham que eles defendem bandeiras da direita como o darwinismo social, a prevalência do poder econômico sobre a dignidade humana, a exclusão social das minorias? Estou na casa dos 40, me dá desgosto ver alguns amigos que saíam à noite em bandos para tomar vinho na praça, hoje, transformados em "tiozões" conservadores, sem consciência política e de class

Abstinência contra a gravidez precoce? Não funciona

Blog, Wagner Melo
Podem perfumar, tentar dar um verniz sociológico, antropológico, o escambau! Mas a melhor definição de conservador é “gente que não sabe o que é orgasmo e quer impor essa frustração ao conjunto da sociedade” (EU MESMO, 2020). Ou, então, quem não sabe lidar com os traumas de infância que carregam e não buscam tratamento. O maior exemplo disso, na atualidade, é a tal ministra Damares, dos Direitos Humanos. Abstinência sexual como forma de combater a gravidez na adolescência, ministra? Piada. Que tal, no lugar disso, educar? Garanto à senhora que, além da gravidez na adolescência, vamos também reduzir o índice de abusos sexuais. Isso é fato e consenso entre especialistas de diversas áreas. O assunto já foi estudado pelo professor de sociologia da Universidade de Massachusett

Quer mudar o mundo? Não seja chato e nem dê palco a maluco

Blog, Wagner Melo
Conhecem Dan Bilzerian? Eu também não conhecia até ser apresentado a ele pela militância digital. O jogador de pôquer de 39 anos tem um perfil no Instagram com mais de 37,7 milhões de seguidores. Milionário, ele vive cercado de mulheres seminuas, como pode ser visto nas fotos e vídeos que ele compartilha: https://www.instagram.com/p/B4cM13Onk_6/ Como todo bom machão, Dan tem exibe armas pesadíssimas e ostenta veículos como carrões, motocicletas e até uma aeronave. Pois bem, o rapaz virou alvo de uma ofensiva digital que o acusa de sexualizar mulheres, principalmente, por parte de brasileiras. O jogador de pôquer, ao descobrir a movimentação por aqui, deu uma resposta desaforada e irônica. "Fui informado de que ofendi muitas feministas brasileiras e me pediram para pedi

Ativismo digital tira mais de R$ 400 mil dos nacional-socialistas

Blog, Wagner Melo
A guerra contra o nacional-socialismo no Brasil não se dá apenas cumprindo a lei contra os baderneiros. Ela tem sido travada no campo digital, como, por exemplo, o trabalho feito pela Sleeping Giants Brasil (@slpng_giants_pt), que atua combatendo o financiamento ao discurso de ódio e às fake news na internet. Ataca diretamente o bolso dessa gente, notificando as empresas cujos anúncios aparecem em sites comprometidos com o ódio e a mentira. Junto com cerca de 375 mil seguidores, a pressão é grande e nenhuma empresa quer ser associada a uma horda que começa a chafurdar na lama. A associação já estima que, em apenas um mês, estes sites tenham perdido R$ 447.612,00 em receitas com os anúncios cancelados após várias campanhas. O ativismo digital vem dando resultados. E o melhor:

A democracia começa a apresentar sinais vitais. Ufa!

Blog, Wagner Melo
Queiroz preso, Abraham Weintraub fora do Ministério da Educação e Sara Inverno também presa. Uma luz no horizonte começa a surgir para quem estava perdendo a esperança de dias melhores. O segredo? Não existe. Basta as instituições funcionarem e as leis serem aplicadas para todos, independentemente de qual lado político esteja. Ou melhor, independentemente de qualquer fator social e biológico. Somos um país em que adolescentes são assassinados e moradores são agredidos a torto e a direito nas favelas pela força do Estado. Enquanto isso, em Alphaville, o empresário rico e influente humilha o policial, que ouve os impropérios calados e sem sequer subir à calçada. Enquanto Lula, um ex-presidente, passou um bom tempo na cadeia após julgamento em tempo recorde, suficiente pa

Educação à venda, quem dá mais? Sessenta votos. Vendida!

Blog, Wagner Melo
Quanto vale a educação de um povo? Tem quem ache que não dá para estimar, mas, no governo Bolsonaro, tem um preço, sim: 60 votos no Congresso Nacional. Quem disse isso? O general Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo. “O senador Ciro Nogueira, presidente do PP, tem sessenta votos. Por isso, ele tem espaço no governo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)", afirmou, sem enrubescer. Denunciado na Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Ciro Nogueira terá em mãos, para administrar, um orçamento de R$ 55 bilhões. É o toma-lá-da-cá escancarado. A cada facada nos nossos cofres, fica difícil alimentar a esperança de que, pelo menos em breve, o Brasil terá gestão e encontrará a paz.

Bolsonaro é a saúva da Nova República

Blog, Wagner Melo
Um grupo de intelectuais já enxerga a hora de o Brasil começar a sofrer sanções internacionais devido às tragédias na política - com crises dia sim, dia sim - e sanitária, agravada pela maneira como o governo Bolsonaro conduz o país ao abismo e sabota qualquer ação no combate ao coronavírus. Eles alertam que, sob a total indiferença da comunidade internacional, Bozo se apressa a destruir a Nova República, nascida em 1988 das ruínas da ditadura militar. Tudo isso com o apoio da maioria dos estados-maiores militares e por um setor fanatizado da opinião pública, sustentado pelas igrejas evangélicas mais reacionárias. "A situação é explosiva, a democracia está à beira do abismo. Dessa vez, ninguém poderá fingir surpresa, pois Bolsonaro e seus próximos prometeram com constância, duran

Imposto para pagar salário das empregadas dos ricos? Sim, temos!

Blog, Wagner Melo
Mirtes Renata Santana de Souza é funcionária-fantasma da Prefeitura Municipal de Tamandaré, interior de Pernambuco. Ganha pouquinho mais que um salário-mínimo. Seria mais uma assombração nos corredores do setor público brasileiro, mas, não é. Ela é mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva, aquele de cinco anos que morreu após cair do nono andar de um prédio, no Centro do Recife. Ele foi deixado no elevador, sozinho, pela patroa da mãe, SARI CORTE REAL, porque chorava muito por Mirtes, que tinha descido para passear com o cachorro da madame. SARI CORTE REAL é de família rica e influente no Recife. Quem conta é o deputado Túlio Gadelha: https://twitter.com/tuliogadelha/status/1268638288396550148?s=20 Ela é esposa do prefeito de... Tamandaré!!! O sobrenome do homem é te