24 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Câmara de Maceió retira de pauta votação para homenagem a Bolsonaro

Oposição argumentou que Bolsonaro não é merecedor da honraria e que o “momento não era adequado”

Diante da repercussão negativa, um acordo entre lideranças suspendeu a a votação dos títulos de cidadão honorário de Maceió ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e aos ministros Tarciso Gomes, e Gilson Machado, da Infraestrutura e Turismo.

A proposta do vereador Leonardo Dias (PSD) foi retirada por ele mesmo e já não há previsão de quando as propostas retornarão à discussão no plenário.

Na justificativa, o parlamentar, o mesmo que tomou de tonel o leito do mito, inclusive participando de um protesto que atrapalhou o primeiro sábado de vacinação no Jaraguá. apontou que o presidente Bolsonaro realizou uma série de ações em defesa do Brasil.

Leia mais: Bolsonaro, Guedes e Ramos dão a entender que o governo atua para matar

Entretanto, o vereador Drº Valmir (PT) e Teca Nelma (PSDB) reagiram às sugestões de título, classificando que o “momento não era adequado” diante da pandemia da Covid-19.

Neste momento, a população do Brasil está batendo recordes de mortes e acabaram as vacinas em Alagoas, com muitos municípios, inclusive Maceió, suspendendo a aplicação da segunda dose da imunização.

Eles argumentaram também que Bolsonaro não é merecedor da honraria, por não preencher os requisitos estabelecidos pela Casa.