26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Sindicombustíveis diz que não haverá desabastecimento nos postos de Alagoas

Polícia Rodoviária Federal também informou que o fluxo de veículo continua normal nas rodovias Alagoanas

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Apesar da paralisação de alguns caminhoneiros, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, em pelo menos 16 estados do Brasil, a Polícia Rodoviária Federal informou que o fluxo de veículo continua normal nas rodovias Alagoanas. E que não há previsão de bloqueios.

Este, que já é um alento para quem estava preocupado com o risco de desabastecimento como na greve do governo Temer, ganho um reforço depois que o Sindicombustíveis (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de Alagoas) garantiu não haver desabastecimento nos postos da capital e também nas cidades no interior.

Os alagoanos, portanto, não precisam correr para os postos para abastecerem seu carro. Não há risco de desabastecimento, afirma o Sindicombustíveis.

Já no restante do Brasil, onde há 110 bloqueios ou focos de protesto em 16 Estados do país, há bloqueios parciais em estradas de nove estados: Santa Catarina, Pará, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Goiás, Rio Grande do Sul, Maranhão e Bahia.

Ciente da situação, até mesmo o presidente Jair Bolsonaro recuou da greve e pediu para seus apoiadores liberarem as pistas. Zé Trovão, um dos líderes da categoria, disse não acreditar no áudio e exige um vídeo do presidente, com ele dizendo data e hora marcada.