11 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade

Tag: crime eleitoral

Caixa 2: PSL omitiu da Justiça despesas com a campanha de Bolsonaro

Caixa 2: PSL omitiu da Justiça despesas com a campanha de Bolsonaro

Política
De acordo com o Vortex Media, documentos internos do PSL revelam que o partido bancou, sem declarar à Justiça Eleitoral como despesas de campanha, como determina a lei, parte expressiva dos gastos de Jair Bolsonaro à Presidência da República. Apesar disso, presidente repete com frequência que não usou recursos do PSL em sua campanha, dita como a 'mais barata da história'. Entretanto, ao menos R$ 915,4 mil do dinheiro da legenda foram repassados a cinco empresas que relataram ter trabalhado para a campanha dele. O PSL descreveu ao TSE os valores pagos como gastos ordinários do partido, e não como despesas eleitorais. O que não corresponde à realidade dos fatos. Caso os valores tenham sido inteiramente destinados à campanha, o caixa oculto do PSL elevaria em até 37% os gastos da ca
No STF: Alcolumbre, novo presidente do Senado, é investigado em 2 ações

No STF: Alcolumbre, novo presidente do Senado, é investigado em 2 ações

Política
O novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), é alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) que apuram irregularidades na campanha eleitoral de 2014, quando foi eleito senador. Os dois casos começaram a ser apurados na esfera eleitoral, no Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, onde foram arquivados. Mas a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura das investigações em 2016 e 2018. Na Corte, as ações tramitam de forma conjunta e estão sob a relatoria da ministra Rosa Weber. Um dos casos está sob segredo de Justiça. Em documentos que constam nos autos de um dos inquéritos, a PGR cita entre as suspeitas a utilização de notas fiscais falsas emitidas pela L.L.S. Morais - ME para a prestação de con