14 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Candidatura de Jullyene Lins, ex-de Arthur Lira, é um “déjà vu” na política alagoana

Rosane Collor também ensaiou candidatura noutros tempos para revelar bastidores da Casa da Dinda

Jullyene Lins, candidata a deputada estadual pelo MDB

A candidatura de Jullyene Lins, ex-mulher do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, a deputada estadual em Alagoas, é o sintoma real do clima tenso de enfrentamento entre os poderosos da política local.

O nome de Jullyene deve ser homologado nesta sexta-feira, 05, na convenção do MDB, em Maceió. A própria direção do partido divulgou nota destacando a candidatura.

Jullyene Lins processou na justiça o ex-marido, Arthur Lira (PP), alegando ser vítima de agressões físicas, perseguição “e ameaças por ter desafiado o poder econômico e político em Alagoas”. O caso se arrasta nos tribunais, como tantos outros envolvendo autoridades no País.

O senador Renan Calheiros, que tornou-se inimigo político de Arthur Lira, tratou de ser o padrinho da candidatura de Jullyene.

A questão é que esta guerra só serve para manter o clima de suspense, em relação aos próximos passos nos bastidores nada republicanos dessa guerra alagoana.

Do ponto de vista eleitoral Jullyene não sai do canto, nem Arthur Lira será derrotado. Esse filme é uma espécie de “déjà vu” da política alagoana.

Basta lembrar que Rosane Collor, a ex do neobolsonarista Fernando Collor, também ensaiou uma candidatura em Alagoas, tempos atrás,  com a pretensão de revelar os bastidores da Casa da Dinda, durante a própria campanha.

Êh Alagoas…

Aliás, em campanhas outras dizia um animado jingle político: –Êh, Alagoas, me desculpe a boa terra, mas nunca vi terra tão boa!

Enfim, tudo é festa. Até na briga.