30 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Prefeita de Barra de Santo Antônio se posiciona contra privatização da Casal

Emanuella Moura afirma que buscará meios na Justiça para evitar a BRK Ambiental de assumir o saneamento

A prefeita Emanuella Moura, da Barra de Santo Antônio, se posicionou de forma contrária à privatização da Companhia de Saneamento de Alagoas (CASAL) na região metropolitana de Maceió. A cobertura das atividades, que abrange o seu município, foi leiloada nesta quarta-feira (30), em São Paulo.

Segundo a prefeita, a medida fere a autonomia municipal, esclarecendo que a Barra de Santo Antônio possui o SAAE (Sistema Autônomo de Água e Esgoto), com servidores efetivos, que tem oferecido um serviço qualificado à população.

Outrossim, Emanuella Moura informa que buscará meios na Justiça para evitar que o SAAE seja disponibilizado à empresa vencedora da privatização da Casal.

Protesto

Um protesto realizado por moradores, no povoado Massagueira, em Marechal Deodoro, bloqueou a AL-101 Sul na manhã desta quinta-feira (1º). As vias foram ocupadas com pneus queimados e manifestantes segurando faixas contra o leilão da Casal. Em pelo menos uma das faixas, estava escrito que a Prefeitura da Barra de Santo Antônio era contra a privatização

Leilão

Após as brigas na justiça que tentaram impedir o leilão da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) nesta quarta (30), a empresa BRK Ambiental Participações S.A, Grupo da Viva Ambiental, com um lance de R$ 2,009 bilhões venceu o certame.

As empresas concorrentes, consórcio Jangada, EQS Ambiental, Aegea, Águas do Pratagy, Paraíso das Águas e Águas de Alagoas, ficaram atrás na disputada. O critério de escolha do vencedor do leilão foi a oferta de maior outorga pela concessão, sendo o valor mínimo de R$ 12,125 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.