16 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade

Tag: Auxílio

Veja o calendário: Caixa inicia hoje saque da 2ª parcela do auxílio de R$ 300

Veja o calendário: Caixa inicia hoje saque da 2ª parcela do auxílio de R$ 300

Economia
Começa nesta segunda-feira (19) o saque da segunda parcela do auxílio emergencial residual, de R$ 300, para os inscritos no Bolsa Família. A partir de hoje, o dinheiro está liberado para quem tem o NIS (Número de Identificação Social) terminado em 1. Mulheres chefe de família, com pelo menos um dependente menor de idade, têm direito a duas cotas, somando R$ 600 por parcela. Até 30 de outubro, todos do Bolsa Família que têm direito ao auxílio residual poderão sacar a segunda parcela. Os saques serão liberados por ordem do dígito final do NIS. Auxílio emergencial - 7ª parcela do Bolsa Família - 2ª do auxílio residual (R$ 300) Final do NIS Data do saque NIS 1 19/out (seg) NIS 2 20/out (ter) NIS 3 21/out (qua) NIS 4 22/out (qui)
Oposição quer auxilio novamente a R$ 600 e votações na Câmara são canceladas

Oposição quer auxilio novamente a R$ 600 e votações na Câmara são canceladas

Brasil
A Câmara dos Deputados encerrou os trabalhos deliberativos na tarde desta terça-feira (6) em razão da obstrução de vários partidos. O primeiro item da pauta era a Medida Provisória 993/20, que autoriza o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a prorrogar, até 28 de julho de 2023, 27 contratos de pessoal por tempo determinado para atender as necessidades do órgão. A oposição obstruiu os trabalhos defendendo a votação da Medida Provisória 1000/20, que cria o auxílio emergencial residual, e a ampliação do valor de R$ 300,00 para R$ 600,00. Outros partidos da base aliada também obstruíram os trabalhos por motivos diferentes, como a não instalação da Comissão Mista de Orçamento. Auxílio emergencial O líder da Minoria, deputado José Guimarães (PT-CE), acus
Caixa libera novo saque do auxílio de R$ 600

Caixa libera novo saque do auxílio de R$ 600

Brasil
A partir desta terça-feira (6), estão liberados novos saques e transferências do auxílio emergencial de R$ 600 para aniversariantes de junho que não são do Bolsa Família. A pessoa poderá sacar pelo menos uma das cinco primeiras parcelas, dependendo da data em que teve o cadastro aprovado. Alguns beneficiários podem sacar ou transferir duas parcelas acumuladas. O dinheiro liberado hoje para saque e transferência faz parte do ciclo 2 de pagamentos. Esse havia sido depositado em poupança digital da Caixa em 16 de setembro. A parcela liberada hoje faz parte do ciclo 2 e depende de quando o cadastro foi aprovado, de acordo com o seguinte critério: 1ª parcela: quem se cadastrou com ajuda de funcionários dos Correios entre 8 de junho e 2 de julho 1ª parcela: quem foi aprovado de
Caixa paga parcela do auxílio emergencial a 3,3 milhões de pessoas

Caixa paga parcela do auxílio emergencial a 3,3 milhões de pessoas

Economia
A Caixa faz nesta segunda-feira (5) o pagamento de uma nova parcela do auxílio emergencial. Hoje, os beneficiados são 3,3 milhões de trabalhadores nascidos em fevereiro, que não estão inscritos no Bolsa Família. O valor pode ser de R$ 600 ou de R$ 300, a depender de quando o beneficiário teve seu cadastro aprovado.   O auxílio depositado hoje faz parte do Ciclo 3 e, por enquanto, fica disponível apenas para transações digitais no aplicativo Caixa Tem, para pagamento de boletos, compras na internet e via máquina de cartão. Saques e transferências serão liberados em 7 de novembro. Quem teve a primeira parcela do auxílio em abril vai receber agora a sexta parcela, por isso, o valor já será reduzido para R$ 300. Para mulheres chefe de família o valor é dobrado: R$ 600. Pessoas que co
Confira o calendário de pagamentos do auxílio emergencial de R$ 300

Confira o calendário de pagamentos do auxílio emergencial de R$ 300

Política
A Caixa Econômica Federal começa a pagar a partir desta quarta-feira (30) os beneficiários do auxílio emergencial extensão (AEE) no valor de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefes de família). As informações sobre o calendário de pagamentos foram detalhadas pelo presidente do banco público, Pedro Guimarães, em coletiva de imprensa, na tarde desta terça-feira (29), no Palácio do Planalto.  Dando sequência ao mecanismo de pagamentos do benefício anterior, os beneficiários receberão as novas parcelas ao auxílio extensão ao longo de quatro ciclos de crédito. Ao todo, eles somam 43,2 milhões e são aquelas que pessoas que se cadastram pelo aplicativo ou estavam inscritos o Cadastro Único de programas sociais do governo federal (CadÚnico). O beneficiários do auxílio emergencial que perte
Caixa paga R$ 300 a 1,6 milhão beneficiários do Bolsa Família

Caixa paga R$ 300 a 1,6 milhão beneficiários do Bolsa Família

Economia, Expresso
A Caixa realiza hoje (24) o pagamento de R$ 428,2 milhões referente à primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final  6 do Número de Identificação Social (NIS). Com mais esse pagamento, foram liberados até hoje R$ 2,5 bilhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 9,6 milhões de pessoas que atendidas pelo Bolsa Família. Ao todo, mais de 16,3 milhões de pessoas cadastradas no programa foram consideradas elegíveis e receberão, no total, R$ 4,3 bilhões durante o mês de setembro.
Veja o caldendários: Caixa libera novo saque dos auxílios de R$ 300 e R$ 600

Veja o caldendários: Caixa libera novo saque dos auxílios de R$ 300 e R$ 600

Economia
A partir desta terça-feira (22), estão liberados novos saques e transferências do auxílio emergencial de R$ 600 para aniversariantes de fevereiro que não são do Bolsa Família. A pessoa poderá sacar pelo menos uma das cinco primeiras parcelas, dependendo da data em que teve o cadastro aprovado. Algumas pessoas podem sacar ou transferir duas parcelas acumuladas. A parcela liberada hoje para saque e transferência faz parte do Ciclo 2 de pagamentos. Ela havia sido depositada em poupança digital da Caixa em 2 de setembro. Nesta terça também deve ser autorizado o saque da 6ª parcela do auxílio —a 1ª com valor reduzido para R$ 300— aos inscritos no Bolsa Família que têm NIS (Número de Identificação Social) terminado em 4. A parcela liberada hoje de quando o cadastro foi aprovado,
Caixa paga nesta segunda auxílio de R$ 300 para grupo do Bolsa Família

Caixa paga nesta segunda auxílio de R$ 300 para grupo do Bolsa Família

Economia
A Caixa paga nesta segunda-feira (21) o saque da 6ª parcela, com valor reduzido para R$ 300, aos inscritos no Bolsa Família que têm o NIS (Número de Identificação Social) terminado em 3. Não haverá depósitos nem saques do auxílio emergencial para os demais beneficiários. Confira a seguir os calendários completos. Os saques em dinheiro são liberados conforme o último dígito do NIS (Número de Identificação Social) Final do NIS Data do saque NIS 1 17/set (qui) NIS 2 18/set (sex) NIS 3 21/set (seg) NIS 4 22/set (ter) NIS 5 23/set (qua) NIS 6 24/set (qui) NIS 7 25/set (sex) NIS 8 28/set (seg) NIS 9 29/set (ter) NIS 0 30/set (qua) A Caixa tem a previsão de mais doi
Novo auxílio de R$ 300 começa hoje para Bolsa Família

Novo auxílio de R$ 300 começa hoje para Bolsa Família

Economia
O novo auxílio emergencial, com parcelas reduzidas para R$ 300, começa a ser pago hoje, mas 48 milhões de pessoas ainda não sabem quando receberão ou se terão direito às quatro parcelas extras até o final do ano. Por enquanto, a Caixa confirmou o início do pagamento apenas para 16,3 milhões de inscritos no Bolsa Família. Eles poderão sacar a nova parcela entre hoje (17) e 30 de setembro —veja detalhes mais abaixo. Quem se inscreveu pelo site ou aplicativo da Caixa, ou já estava no Cadastro Único e foi aprovado automaticamente, aguarda a divulgação de um novo cronograma. O auxílio do governo federal é coordenado pelo Ministério da Cidadania, mas cabe à Caixa distribuir os pagamentos. Via MP Na medida provisória que prorrogou o auxílio emergencial, o governo deu com uma mã
Guedes: “Preço do arroz subiu porque condição de vida dos pobres melhorou”

Guedes: “Preço do arroz subiu porque condição de vida dos pobres melhorou”

Economia
O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (15/9) que o preço do arroz registrou forte alta em meio à crise do novo coronavírus porque a condição de vida dos mais pobre está melhorando. No ano, a inflação do arroz acumula alta de 19,2%. Guedes destacou que houve uma “enxurrada de dinheiro” paga a famílias de baixa renda durante a pandemia, como o auxílio emergencial de R$ 600 e o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). “A pauta de consumo dos mais vulneráveis e dos mais frágeis é justamente a alimentação e a construção da casa própria. Então está havendo um boom da construção na baixa renda e nos supermercados”. Paulo Guedes, ministro da Economia. Vice-presidente O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) também foi na mesma tocad