28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade

Brasil

Câmara aprova criação de prisões para menores de 21 anos

Câmara aprova criação de prisões para menores de 21 anos

Brasil
Os parlamentares que integram a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, aprovaram o Projeto de Lei (PL) que cria um espaço exclusivo, nas prisões, para jovens menores de 21 anos. A PL, que altera a redação do artigo 82 da Lei nº 7.210, de 11 de julho de 1984, agora vai será analisada pelo Senado Federal, já que tramita em caráter conclusivo. O deputado Marcos Rogério (PDT-RO), autor da proposta, afirma que dessa forma os jovens infratores terão uma chance maior de serem reinseridos na sociedade, pois quando são misturados com pessoas de alta periculosidade, a probabilidade de se transformarem ‘discípulos’ da bandidagem aumenta. “E essa má-influência torna-se ainda mais perniciosa quando exercida sobre menores de vinte e um anos que, por sua ju
Câmara aprova primeiro texto do ajuste fiscal proposto por Levi

Câmara aprova primeiro texto do ajuste fiscal proposto por Levi

Brasil
Brasil - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, amanheceu esta quinta-feira, 08, sorrindo um pouco mais em função dos resultados do trabalho de ontem na Câmara Federal. Isso por que os deputados aprovaram a Medida Provisória que torna mais rigoroso o acesso a direitos trabalhistas ao alterar regras de concessão de benefícios como seguro-desemprego. A matéria é considerada um importante texto do ajuste fiscal proposto pelo ministro. Os deputados da base aliada viram a vitória na Câmara como uma importante sinalização do trabalho do vice-presidente, Michel Temer (PMDB), que tem feito a articulação política do governo, apesar de ter contra si toda a revolta do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que já tornou explícito seu rompimento com a presidente Dilma Rousseff (PT).

STF determina busca e apreensão no gabinete de Eduardo Cunha

Brasil
Brasil - O Supremo Tribunal Federal determinou uma operação de busca e apreensão no gabinete do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele é suspeito de se beneficiar do esquema de corrupção da Petrobras e está entre os 50 investigados com inquéritos no Supremo. O STF atendeu pedido do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot. A ordem judicial foi assinada pelo Ministro Teori Zavascki. O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) tem reiterado em contatos com a imprnsa que não aeita ser investigado nesse caso e, segundo ele, o procurador Janot estaria de "querelas" com ele. No caso específico da determinação judicial consta que Cunha aparece nos registros da Câmara como "autor" de  (requerimento que teria sido usado para chantagear empresa, conforme disse o dol
Balanço acusa queda na venda de automóveis em abril: 6,36%

Balanço acusa queda na venda de automóveis em abril: 6,36%

Brasil
Brasil - Um relatório da Federação Naccional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgado nesta terça-feira, 05, acusa uma redução nas vendas de automóveis na ordem de 6,36 por cento no mês de abril em comparação com o mês de março.  Os dados tiveram como base real os emplacamentos dos veículos vendidos 14.367 veículos a menos em a relação a março, quando 225.972 foram comercializados. Ainda em relação a abril de 2014 a queda nas vendas representa  24,35%. Os números da Fenabrave revelam também que de janeiro a abril deste ano, a comercialização de veículos novos acumula decréscimo de 18,39% em relação aos primeiros quatro meses do ano que passou. Isso significa que no acumulado do ano, o déficit é de mais de 193,8 mil veículos, considerando que as vendas entre j

Guerra (PSDB) cobrou R$ 10 milhões de propina a diretor da Petrobrás

Brasil
Brasil - Durante novo depoimento na CPI da Petrobrás, nesta terça-feira, 05, o ex-diretor de Abastecimento, Paulo Roberto Costa , disse que havia prestado depoimento à Justiça Federal, em que acusa o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) e o ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra, já falecido, de cobrança de propina para evitar investigações de uma comissão parlamentar de inquérito sobre a estatal no Congresso. Não soube dizer se era uma CPI da Câmara ou CPI Mista – com participação de senadores – mas assegurou que o pagamento foi feito ao então senador Sérgio Guerra. Costa não mencionou a quantia, nem a maneira como esse dinheiro teria sido pago, mas garantiu ter sido informado do pagamento pela empresa Queiroz Galvão. Em depoimento à Justiça, ele já havia mencionado o pagamento de R$ 10

Temer diz a aliados: sem ajuste fiscal o contingenciamento será muito radical

Brasil
Brasil - Agora no contraponto ao senador Renan Calheiros (PMDB), que tem se posicionado como adversário ferrenho do governo, o vice-presidente da República, Michel Temer, na condiçãao de articulador do governo está se reunindo com a base  aliada para pedir apoio ao ajuste fiscal proposto pelo governo. Temer disse ter certeza de que toda a base do governo “estará convencida e unificada” para que as duas medidas provisórias sejam aprovadas. Para Michel Temer, o corte de gastos do governo será “muito radical” caso as propostas não passem pelo Congresso. Antes de se reunir com os líderes da base aliada na Câmara e no Senado, Michel Temer convocou os jornalistas para uma entrevistas. Segundo ele, as negociações para que as MPs 664 e 665 sejam aprovadas terão êxito esta semana, quando os p

Oposição promete desmoralizar o governo no debate do ajuste fiscal

Brasil
Brasil - A Câmara dos Deputados inicia a partir de terça-feira (5) a discussão sobre  as medidas provisórias que fazem parte do ajuste fiscal e dificultam o acesso a benefícios como o seguro-desemprego e o seguro-defeso (MPs 664/14 e 665/14). A oposição quer usar o debate para encurralar o governo Dilma Rousseff. Para o líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), o debate irá “desmascarar” o governo  dela. “Ela dizia na campanha que não mexeria nos direitos dos trabalhadores e, através dessas duas MPs, a conta do ajuste está sendo repassada para os trabalhadores do Brasil”. As medidas têm sido criticadas por parlamentares da oposição e da base aliada e por centrais sindicais. Nas últimas semanas, ministros da área econômica vieram ao Parlamento para esclarecer dúvidas e defender as p
Calheiros propõe a empresários um pacto pelo emprego no Brasil

Calheiros propõe a empresários um pacto pelo emprego no Brasil

Brasil
Brasil - O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) quer reunir empresários, sindicatos e o parlamento brasileiro para propor um pacto pelo emprego no Brasil. Com essa ideia, o presidente do Senado larga na frente do Executivo, como se fosse um autêntico primeiro-ministro, que tem a responsabilidade de chamar para si a responsabilidade pela gestão do governo. A ideia de Renan foi exposta durante entrevista ao portal 247 em Brasilia.  O senador já vem se reunindo com os segmentos citados e está determinado a por em prática seu plano, deixando a presidente Dilma Rousseff (PT) em uma saia mais justa ainda. Muito embora, caiba ao parlamento propor ações para melhorar a qualidade de vida da população. Mas o senador fez questão de dizer que o pacto pelo emprego é o único discurso possível para a

PSDB deve apresentar quarta-feira pedido de impeachment de Dilma

Brasil
Brasil - O PSDB pretende apresentar até esta quarta feira (29) o pedido de impeachment da Presidente Dilma Rousseff (PT). O partido dos tucanos insiste na tese do impedimento por entender que há "elementos suficientes" para depor a presidente do cargo. Para isso a liderança da bancada na Câmara dos Deputados pretende convencer a cúpula do partido, uma vez que o ex-presidente FHC e o ex-ministro José Serra já se posicionaram contra. O problema é que já não há mais clima entre os mais de 500 deputados para aprovar a matéria. O próprio  presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse na noite desta segunda-feira, 27, que o PSDB vai precisar contar com a maioria da Casa se quiser levar o pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff adiante. "O recurso para recorr

CPI da Petrobras vai convocar aliado de Renan Calheiros para depor

Brasil
Brasil - O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machadodo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) pode ser convocado esta semana para depor na CPI da Petrobras. A convocação oi proposta pelo deputado federal Hugo Mota (PMDB-PB), que é presidente da CPI e aliado de primeira hora do deputado e presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), hoje um desafeto de Calheiros. A convocação de Machado também conta com o apoio da bancada de oposição. O problema é que essa articulação pode estremecer ainda mais as relações de Calheiros e Cunha, que estão em rota de colisão há 15 dias. Cunha e Mota usam como argumento para a convocação de Machado o fato de em depoimento na Lava Jato, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa ter dito que Renan recebia propina de empresas contratadas pela Tr