28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade

Tag: PEC dos Precatórios

Governo ameaça até as emendas impositivas de quem for contra a PEC

Governo ameaça até as emendas impositivas de quem for contra a PEC

Blog, Marcelo Firmino, Política
O jogo bruto do governo, nesta quarta-feira, 3,  para a aprovar a PEC do calote nos professores é muito forte. Tanto que agora o Planalto está ameaçando não liberar as emendas impositivas dos parlamentares que votarem contra a PEC. É exatamente essa informação que o presidente da Câmara, Arthur Lira, vai apresentar aos líderes da oposição, cujas bancadas estão contra a PEC dos Precatórios. As emendas parlamentares impositivas foram criadas por lei em 2015. A lei obriga o governo a liberar a execução de emendas parlamentares até o limite de 1,2% da receita corrente líquida. Sendo que metade do valor dessas emendas deve ser aplicada na área de saúde. No ato da aprovação da lei, o presidente da Câmara era o deputado Eduardo Cunha (DEM-RJ). O processo foi feito no auge das mobi
Renan: PEC dos precatórios é atentado contra o presente e futuro do País

Renan: PEC dos precatórios é atentado contra o presente e futuro do País

Blog, Marcelo Firmino
A Câmara dos Deputados deve votar nesta quarta-feira, 3 de novembro, a PEC dos precatórios, em meio a uma grande expectativa dos professores que poderão ficar sem o dinheiro a que têm direito em 2022 e com 40% a menos em 2023. A PEC sofre intensa campanha de reação de parlamentares de oposição, como senador Renan Calheiros (MDB), que tem acusado Bolsonaro de querer dar calote nos professores e demais credores, com puro objetivo eleitoreiro. Nas redes sociais, o senador disse que o Brasil não pode dar um imenso calote em estados e municípios "para financiar a obsessão de Bolsonaro". Segundo ele, a obsessão é acabar com o Bolsa Família "e criar um programa fake só para chamar de seu". Em postagem recente, Renan Calheiros disse que a PEC dos precatórios é um atentado contra o
PEC dos precatórios não paga professores em 2022 e reduz 40% em 2023

PEC dos precatórios não paga professores em 2022 e reduz 40% em 2023

Blog, Marcelo Firmino
A pedalada fiscal que o governo Bolsonaro pretende com a PEC dos precatórios, além do calote nos credores, é também um golpe nos direitos dos professores. A proposta enviada à Câmara dos Deputados mudando as regras para o pagamento dos precatórios, negando o débito  de R$ 89,1 bilhões e assumindo menos da metade, mas com foco no pagamento do “novo bolsa família”, colocará no fim da fila a causa dos professores da rede estadual e municipal em vários Estados do País. Ou seja, o sonho do dinheiro dos precatórios no fim do ano de 2022 passará a ser apenas mais um sonho, caso o Congresso aprove a PEC idealizada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A ideia do governo e seus aliados é pagar apenas R$ 41 bilhões em 2022, sendo que esse montante seria, em maior parte, destinado ao