23 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade

Tag: ódio

De uma sociedade intolerante e carrasca para uma mídia cada vez mais atordoada

De uma sociedade intolerante e carrasca para uma mídia cada vez mais atordoada

Blog, Marcelo Firmino
De repente estamos a viver em uma sociedade em que o critério da razoabilidade foi praticamente banido. A racionalidade do ser foi erradicada e o que tem prevalecido é a bestialidade humana, a intolerância, o ódio, a permanente incoerência. No ar fica aquela sensação, para muitos, de que o exercício da barbárie satisfaz de forma prazerosa a uma camada da sociedade, ávida para impor sua filosofia, a partir das bolhas de raciocínio uniforme, longe das diferenças de pensamento, de gênero, raças e princípios éticos. A vertente em voga é tão maléfica que no convívio social de agora, o dito "cidadão de bem",  com interesses contrariados, posa de policial, delegado, promotor, juiz e carrasco da sociedade, sem pestanejar. E muitos com um terço na mãos e a guilhotina na mente. É o cruz
País sem limites: mate o governador e ganhe 1 ano de churrasco grátis

País sem limites: mate o governador e ganhe 1 ano de churrasco grátis

Blog, Marcelo Firmino
É impossível hoje em dia não pensar que alguma coisa está fora de ordem no interior de cada cidadão e, até mesmo, em meio as instituições do País. O discurso de ódio é comum atualmente nas mesas de bar, nos aplicativos da internet e, inclusive, nos três poderes. Isso  é a prova inconteste de que a nobreza da razão e a rotina do desrespeito formam uma linha tênue na sociedade. Há uma ânsia de indivíduos para eliminar quem pensa diferente, quem age diferente e quem ama diferente, que vem se avolumando a todo instante por aqui. É algo de um tecido social esgarçado e mentes doentias. Certamente, quase todos já viram uma cena ou ouviram alguém bradar, em algum lugar: -Negro filho da puta. Minha vontade é de dar um tiro na sua cabeça, safado! O ódio que as pessoas estão carregand
O ódio que matou morador de rua e enterrou na praia, agora mata jovem grávida e joga no lixo

O ódio que matou morador de rua e enterrou na praia, agora mata jovem grávida e joga no lixo

Blog, Marcelo Firmino
A doença que tomou conta da sociedade nos últimos tempos está se agravando de forma trágica. Se ninguém se choca mais com 220 mil mortos por Covid neste País, também não está ligando para a matança cruel nas ruas. Matam crianças nas favelas do Rio de Janeiro, matam morador de rua na praia de Maceió, matam negros na periferia. A situação é tão infame que uma jovem de 20 anos, grávida, foi espancada até a morte no bairro Cidade Universitária, parte alta de Maceió, e o corpo em seguida é jogado dentro de um contêiner de um veículo transportador de cargas. É o ódio se materializando em uma terra, que jogou no lixo, literalmente, valores humanos. É a instituição da barbárie. E dessa ninguém está livre. Agora foi Lucy Mary Cardoso Pontes. Ela e o filho em gestação perderam as
Um homem foi assassinado durante carreata a favor de Haddad

Um homem foi assassinado durante carreata a favor de Haddad

Brasil
Durante uma carreata a favor do candidato Fernando Haddad (PT), na noite deste sábado (27), em Pacajus, na Grande Fortaleza, um jovem de 23 anos foi morto a tiros. A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública do Ceará. Charlione Lessa Albuquerque, 23, estava em um automóvel com a mãe quando foi baleado por homens que desceram armados de outro veículo. Charlione não possuía antecedentes criminais, participava de uma carreata, quando foi atingido a tiros por um homem, que se aproximou em um veículo Gol de cor branca e fugiu logo após o crime. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao hospital. Charlione é filho da secretária Nacional da Mulher Trabalhadora da CNTRV/CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ram